BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

China: Com a camisa do R&F (CHN), Tiago de Leonço fala sobre a previsão da volta do futebol em Hong Kong (CHN)

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Tiago de Leonço
O atacante brasileiro Tiago de Leonço parte para a sua terceira temporada com a camisa do chinês R&F - Crédito: Divulgação do clube

Da Redação
São Paulo, SP, 09 de julho de 2020

O futebol, com restrições ou não, tem voltado em todo planeta e em Hong Kong (CHN) não está sendo diferente. Sem jogar desde o dia 22 de março, quando o campeonato local foi paralisado, o atacante brasileiro Tiago de Leonço retornou ao Brasil e na metade de junho, voltou para aquela região administrativa da China, onde teve que ficar em quarentena em um hotel.

“Na chegada ao aeroporto já foi tudo bem organizado pelo governo. Só entra quem tem visto de trabalho e a gente passa por um processo onde baixamos um aplicativo, colocamos uma pulseira, somos rastreados e temos que informar onde vamos ficar nos 14 dias de quarentena, além de fazer dois testes de Covid-19”, explicou o atacante brasileiro Tiago de Leonço, que defende as cores do R&F (CHN).

Em Hong Kong (CHN), foram 1366 casos de coronavírus e apenas 7 mortes e apesar da parada do futebol, boa parte do comercio ficou aberta, com a única restrição sendo não ter mais de quatro pessoas em um mesmo ambiente, além do uso de máscaras. Agora, o R&F, controlado pelo Guangzhou R&F (CHN), clube em que atua o brasileiro, vive com a indefinição sobre a volta do futebol.

“Já iniciamos os treinamentos e agora estamos na expectativa de voltar ao futebol em agosto. Ainda não temos 100% de certeza do que vai acontecer, eles querem terminar o campeonato passado que foi paralisado e ainda não sabem se vão fazer isso”, concluiu o atacante brasileiro.

Natural da cidade de Novo Hamburgo (RS), o atacante Tiago de Leonço, 27 anos, deu seus primeiros passos no futebol nas categorias de base do Novo Hamburgo. Ainda nas categorias de formação, o brasileiro vestiu as camisas do Lajeadense e Grêmio. Depois defendeu as cores do portugueses Santa Clara, Leixões e Farense, Vendsyssel (DIN) e Limassol, do Chipre, antes de chegar ao R&F (CHN), clube em que está em sua terceira temporada.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_