BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Paranaense: Henrique Santos revela ansiedade por retorno aos gramados antes do duelo do FC Cascavel contra o Rio Branco

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
O FC Cascavel se prepara para o confronto diante do Rio Branco pela fase quartas de final do Campeonato Paranaense - Crédito: Divulgação

O FC Cascavel se prepara para o confronto diante do Rio Branco pela fase quartas de final do Campeonato Paranaense – Crédito: Divulgação

Da Redação
Cascavel, PR, 16 de julho de 2020

Depois de uma bela campanha na primeira fase do Campeonato Paranaense, com 23 pontos e na vice-liderança da competição, a equipe do Futebol Clube Cascavel agora tem pela frente o time do Rio Branco de Paranaguá pelas quartas de finais do Estadual. O primeiro jogo da fase mata-mata está marcado para este sábado (18), às 14h, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR). Já o atacante Henrique Santos, ex-Portuguesa, revelou a ansiedade do elenco pela retomada das partidas de futebol.

A partida que deveria acontecer no Estádio Nelson Medrado Dias teve que ser alterada, devido ao decreto municipal que determina o isolamento na cidade do litoral paranaense. O jogo de ida das quartas de finais também marca o retorno da competição estadual que foi paralisada devido à pandemia do novo coronavírus. O atacante aurinegro Henrique Santos falou sobre essa expectativa de voltar aos gramados.

“Expectativa muito boa, mas não podemos dar mole contra o Rio Branco. Estamos treinando há 45 dias e nesse jogo é hora de fazer valer dentro de campo toda essa espera e trabalho duro. O grupo estava ansioso por esse retorno, sentir o clima do jogo, entrar em campo. Foi difícil ficar esse tempo sem uma partida oficial e agora é fazer um bom jogo e se dedicar para conseguir um bom resultado nesse primeiro confronto das quartas de finais”, disse o atacante Henrique Santos.

Além de se manter vivo na busca pelo título Estadual de 2020, os confrontos de ida e volta entre a Serpente Aurinegra e o Leão da Estradinha também garantem ao vencedor uma vaga na Copa do Brasil do ano que vem. O técnico Marcelo Caranhoto destacou a importância deste confronto, além de ressaltar as características envolvidas neste confronto em decorrência dos prejuízos causados pelo avanço do Covid-19.

“É um confronto dificílimo, vale vaga na Copa do Brasil, são 180 minutos para alcançar mais um objetivo que fazia parte dos nossos planos ainda na pré-temporada. Não existe vantagem com os portões fechados, sem torcida é campo neutro. É 50% de chance para cada equipe, e quem estiver melhor condicionado e forte mentalmente, que vai pesar muito nesse jogo, sai na frente”, concluiu Caranhato.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_