BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Paulistão: Na decisão contra o Corinthians, Weverton completa 10 jogos sem sofrer gols com a camisa do Palmeiras

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
O goleiro Weverton atingiu diante do Corinthians a marca de 10 jogos sem sofrer gols em jogos nesta edição do Campeonato Paulista da Série A1 - Crédito: Cesar Greco

Da Redação
São Paulo, SP, 05 de agosto de 2020

Fundamental para que o Palmeiras não chegue em desvantagem à partida do próximo sábado (08), na Arena Allianz Parque, em São Paulo (SP), pela final do Campeonato Paulista 2020, Weverton completou nesta quarta-feira (05) dez partidas sem sofrer gols em 15 disputadas no torneio estadual – é o líder no quesito, seguido por Cássio, do Corinthians, com sete, e Oliveira, do Grêmio Novorizontino, com seis. As duas equipes decidiram a edição do Paulistão de 2018.

Na Arena Corinthians, em São Paulo (SP), o arqueiro palmeirense fez pelo menos duas defesas difíceis no primeiro tempo, sendo uma delas praticamente um milagre, esticando-se por completo para defender o tiro de Mateus Vital e salvar o Palmeiras. “Muito forte a defesa (em chute de Mateus Vital). Fico feliz, porque a gente executa no jogo o dia a dia. Treinamos explosão, chute rápido, e graças a Deus explodi no tempo certo. Time está se comportando bem”, declarou, em entrevista ao deixar o gramado no intervalo da partida.

O lance salvador aconteceu aos 30 minutos de bola rolando. Após o corintiano Luan cruzar e Jô resvalar na bola, Mateus Vital aproveitou a sobra para chutar de pé direito, com força, e ver o camisa 1 do Verdão se esticar completamente para, no tempo perfeito, espalmar a bola com a ponta dos dedos, evitando o que seria um gol certo. Poucos minutos antes, o guarda-metas já havia feito uma difícil defesa à queima-roupa no chute de Ramiro.

“Goleiro de time grande é aquele que defende aquela única bola do jogo. Goleiro de time aparece nos momentos difíceis. No primeiro tempo, ele fez duas defesas muito boas e evitou o gol. É um goleiro de nível, está crescendo bastante com o trabalho que estamos fazendo de saída de bola, de bola parada. Está evoluindo bastante”, comentou o técnico Vanderlei Luxemburgo na entrevista pós-jogo.

Weverton ostenta a segunda menor média de gols sofridos na história do clube. Após passar mais um jogo em branco no quesito gols sofridos contra o Corinthians, na final, a exemplo de como já havia sido diante da Ponte Preta, na semifinal, e Santo André, nas quartas de final, Weverton melhorou ainda mais um número expressivo que possui pelo Verdão: vazado apenas 65 vezes em 108 jogos pelo Palmeiras.

O atual camisa 1 detém a segunda menor média de gols sofridos na história do clube: 0,60, atrás só do paraguaio Benítez, com 0,54 (13 gols sofridos em 24 jogos em 1978); na terceira colocação, aparece o também paraguaio Gato Fernández, com 0,62 (22 gols em 35 jogos em 1994). São considerados somente goleiros com ao menos dez jogos disputados pelo Verdão.

Além disso, Weverton não sofreu gols em 59 partidas dessas 108 que jogou pelo Verdão, número que o coloca na terceira colocação do ranking de goleiros com mais jogos sem ser vazado no Século XXI, atrás apenas de Marcos (107 jogos) e Fernando Prass (101). Em uma única temporada, o atual camisa 1 é o recordista do Século XXI com 26 jogos sem sofrer gols em 2019.

Ele fechou o ano de estreia, em 2018, com 21 jogos sem sofrer gols. Em 2019, foram 26. E neste ano, já são 12 partidas intransponível em 19 disputadas. Se sair de campo mais 8 vezes sem ser vazado nesta temporada, ele alcançará uma marca que não é atingida há 23 anos – o último goleiro a ficar três temporadas consecutivas sem sofrer gols em 20 ou mais jogos foi Velloso, em 1995 (28), 1996 (24) e 1997 (27).

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_