BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Paraibano: Artilheiro do Estadual, Rafael Ibiapino classifica temporada pelo Campinense como especial

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
O atacante Rafael Ibiapino terminou a disputa do Campeonato Paraibano como artilheiro ao marcar 9 gols - Crédito: Daniel Lins

Da Redação
Campina Grande, PB, 15 de agosto de 2020

Com a necessidade de vencer o confronto da volta por pelo menos dois gols de diferença para levar a decisão do Campeonato Paraibano deste para a disputa por pênaltis, o Campinense venceu o Treze, seu maior rival, neste sábado (15), no estádio Governador Ernani Sátyro, o Amigão, em Campina Grande (PB), por 1 a 0 e ficou com o vice-campeonato. Já o atacante Rafael Ibiapino festejou a conquista da artilharia da competição e classifica sua passagem pela Raposa como especial.

“Acredito que sim [disse sobre ser esta sua melhor temporada na carreira]. Já fiz várias temporadas boas, mas esse ano está sendo muito maravilhoso e especial. Estou na minha cidade mostrando que jogador de Campina Grande (PB) pode sim dar bons frutos”, declarou o atacante Rafael Ibiapino, que terminou o Paraibano como artilheiro ao marcar nove gols.

Na década de 1960, Zezinho Ibiapino também encerrou a edição do ano de 1960 na condição de artilheiro ao marcar 18 gols. Naquela época, seu avô se sagrou tetracampeão Paraibano – 1960, 1961, 1962 e 1963. Rafael também ressaltou as dificuldades que atravessou em sua carreira até comemorar o fato de conquistar a artilharia do campeonato e o vice-campeonato estadual com a camisa do Campinense. O gol da decisão foi marcado por Juliano.

“A sensação é única e é indescritível. Saber que estou repetindo os passos dele, até a artilharia, me emociona muito porque nada foi fácil até aqui. Com muita garra, estou conseguindo meus objetivos e sei que, de onde ele está, está muito feliz em ver todos os gols que já fiz”, concluiu o artilheiro do Paraibano 2020.

Vice-campeão Paraibano desta temporada, o Campinense terminou a primeira fase do Campeonato Paraibano na liderança isolada do grupo B com 17 pontos conquistados em 10 jogos realizados. Com este retrospecto, o Rubro-Negro Paraibano enfrentou o Sousa na fase semifinal e eliminou o adversário na disputa por pênaltis após dois empates (2 a 2 e 0 a 0). Na final da competição, a Raposa encarou o rival Treze, que venceu o primeiro confronto por 2 a 0 e perdeu o segundo por 1 a 0.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_