BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A2: Nos festejos de 100 anos, Lady Lu espera por retorno da Portuguesa à elite do futebol nacional

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Torcedora da Portuguesa, a cantora Lady Lu espera por dias melhores pelos lados do Canindé - Crédito: Divulgação

Antônio Boaventura
São Paulo, SP, 15 de agosto de 2020

A Portuguesa comemorou nesta sexta-feira (14) 100 anos de sua fundação. Apesar de sua história repleta de glórias desde Ivair “O Príncipe” até a “BarceLusa”, a Lusa vive atualmente um grande ostracismo no futebol nacional, já que está fora dos holofotes da elite há quase 7 anos. Mas, nem mesmo este cenário crítico é capaz de desanimar seus ilustres torcedores. A cantora Lady Lu espera e acredita que dias melhores podem voltar a fazer parte do contexto da equipe do Canindé, além de revelar sua paixão pelo clube.

“Eu espero que a Portuguesa tenha um planejamento bom para crescermos e votar a ter uma posição melhor [no cenário estadual e nacional]. Mas você sabe que quem é filho de português e teve uma história com o clube, carrega o escudo da Lusa com muito orgulho independente de sua posição no futebol”, declarou a cantora Lady Lu.

Destaque da Rubro-Verde na década de 1990, o saudoso atacante Dener é para a artista o principal nome da Portuguesa em toda sua história. De acordo com ela, seu pai o relatava o desempenho dele durante as partidas e seus feitos. No entanto, da mesma maneira que o eterno camisa 10 da Lusa surpreendia dentro das quatro linhas, Lady Lu revelou que também ficou surpresa com a notícia da morte do ex-atleta, que se deu no ano de 1994, em um acidente de carro no Rio de Janeiro (RJ). Na época, ele defendia o Vasco.

“Nessa época eu ainda frequentava o clube. E meu pai falava muito que ele [Dener] era um excelente jogador. E ficamos todos chocados por ter morrido tão jovem com uma carreira tão promissora”, disse a cantora Lady Lu.

Ao longo de sua história, a Portuguesa conquistou três títulos do Campeonato Paulista da Série A1 [1935, 1936 e 1973], dois do Torneio Rio-São Paulo [1952 e 1955], outros dois do Campeonato Paulista da Série A2 [2007 e 2013], Campeonato Brasileiro da Série B [2011], duas taças da Copa São Paulo [1991 e 2002], entre outras conquistas. Lu também destacou sua ligação com clube e o que representou para sua formação como cidadã.

“Meu pai é português. Eu nasci sócia do clube. Passei minha infância e adolescência frequentando e participando da patinação artística da Portuguesa. Final de semana como frequentava as piscina aos domingos, meu pai me levava pra assistir os jogos no Canindé [estádio Dr. Oswaldo Teixeira Duarte, em São Paulo (SP)]”, concluiu a cantora Lady Lu, que possui dupla cidadania – Brasil / Portugal.

Na 8ª colocação do Campeonato Paulista da Série A2 com 18 pontos conquistados em 12 jogos realizados, a Portuguesa encara nesta quarta-feira (19), ás 15h, o Sertãozinho, 12º colocado com 14 pontos, no estádio Frederico Dalmaso, em Sertãozonho (SP). Este confronto é válido pela 13ª rodada daquela competição estadual. Os oito primeiros colocados garantem vaga na fase quartas de final, enquanto os dois últimos duelam para evitar o rebaixados à terceira divisão.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_