BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Liga Europa: Gustavo Busatto festeja classificação do CSKA Sofia (BGR) sobre o Sirens (MLT)

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
O goleiro brasileiro Gustavo Busatto comemorou a classificação do CSKA Sofia (BGR) para a próxima fase da Liga Europa - Crédito: Divulgação

Da Redação
Sofia, BGR, 28 de agosto de 2020

Em sua primeira experiência como titular na Liga Europa, Gustavo Busatto teve atuação de destaque na vitória e classificação do CSKA Sofia (BGR). Nesta quinta-feira (27), o time búlgaro bateu o Sirens (MLT) por 2 a 1 e confirmou lugar na próxima fase da competição. O goleiro brasileiro defendeu um pênalti no início do segundo tempo e fez uma série de boas defesas durante o jogo para confirmar a classificação da sua equipe.

“Sempre almejei na minha carreira jogar uma liga europeia, tanto uma Liga dos Campeões quanto a Liga Europa. Começar com o pé direito na estreia, pegar pênalti e ajudar minha equipe é uma sensação difícil até de descrever. É uma alegria imensa por passarmos de fase. Agora é esperar o próximo adversário”, comemorou Busatto.

O brasileiro de 29 anos, gaúcho de Arroio do Tigre, deu sequência na sua excelente fase no futebol europeu. Após ser um dos destaques do time da cidade de Sofia (BGR) na última temporada, Busatto começou o novo ciclo de competições em alta. Invicto nas três rodadas do campeonato nacional, com duas vitórias e um empate, a classificação para a segunda pré-eliminatória da Liga Europa teve sua participação decisiva.

No início da segunda etapa, o Sirens (MLT) teve um pênalti marcado a seu favor e a chance de abrir o placar. O goleiro, formado nas categorias de base do Grêmio, saltou para o seu canto direito e defendeu a cobrança para manter o placar em 0 a 0. O time de Malta chegou a marcar seu gol mais tarde, mas o CSKA Sofia (BGR) reagiu e buscou a virada nos minutos finais da partida. Os gols da partida foram marcados por Ahmed Ahmedov e Ali Sowe para os donos da casa, enquanto Maxuell Silva descontou para os visitantes.

“Sabíamos que seria um jogo difícil, truncado. Que seria uma equipe apostando no contra-ataque com jogadores rápidos. Conseguimos fazer os gols no final da partida, mas passamos de fase e estamos felizes por alcançar este objetivo”, encerrou.

Contratado no meio do ano passado, o camisa 1 se firmou rapidamente como um dos principais goleiros na Bulgária. O brasileiro entrou para o livro de recordes do país ao completar a marca de 890 minutos sem ser vazado na liga nacional, a maior sequência nos últimos 20 anos da competição. Das 24 rodadas em que atuou, Busatto não foi vazado em 17. O próximo adversário do CSKA Sofia (BGR) será conhecido no dia 31 de agosto, quando a Uefa anunciará os confrontos da segunda pré-eliminatória.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_