BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Brasileirão: Palmeiras renova contrato com Gabriel Veron pelos próximos 5 anos

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
O jovem atacante Gabriel Veron, 18 anos, permanece no Palestra Itália até setembro de 2025 - Crédito: César Greco

Da Redação
São Paulo, SP, 04 de setembro de 2020

O jovem atacante Gabriel Veron, 18 anos, nesta quinta-feira (03), um novo vínculo de cinco temporadas com o Palmeiras – agora seu contrato com o clube vai até 1º de setembro de 2025. O acordo já estava sacramentado com o jogador, sua família e seus representantes para ser oficializado quando ele atingisse a maioridade (anteriormente, o contrato era de três temporadas, prazo máximo permitido por lei). Recuperado de lesão, ele deve ficar à disposição do técnico Vanderlei Luxemburgo para o duelo contra o RB Brasgantino.

“Eu tinha contrato de três anos e agora, com 18 anos, pude assinar por cinco. É o melhor presente que recebi em toda a minha vida. Estou muito feliz e motivado. Agora é dar continuidade ao trabalho e mostrar o meu melhor. O Palmeiras é gigante e tem uma estrutura que dá tudo que o atleta precisa”, declarou o atacante Gabriel Veron.

Cria da Academia, o camisa 27 alviverde lesionou o músculo posterior da coxa direita em julho, após a volta aos treinos depois do período sem atividades presenciais por conta da pandemia de Covid-19. Na última terça-feira (01), o jogador, que passou por um processo individualizado de transição física nas últimas semanas, participou de trabalhos com bola junto dos companheiros.

“O Veron está se recuperando de uma lesão realizada no final da intertemporada, no período pós-quarentena. Foi uma lesão grave, principalmente pelas características dele. Ele é um velocista e exige bastante a musculatura posterior da coxa. Ele vem gradativamente se recondicionando e fazendo os trabalhos específicos”, explicou Daniel Gonçalves, coordenador científico do Verdão.

Natural de Assú (RN), Veron está no Palmeiras desde o Sub-15 e soma títulos por todas as categorias de base palestrina. Ele, inclusive, foi campeão paulista Sub-15, Sub-17, Sub-20 e Profissional pelo Verdão. Em 2018, além de campeão mundial interclubes Sub-17 pelo Palmeiras, foi o artilheiro da competição e eleito o melhor jogador. E em 2019, com a Seleção Brasileira Sub-17, conquistou o torneio com a equipe nacional e, individualmente, o prêmio de melhor jogador.

Ainda no final de 2019, foi promovido ao time de cima e marcou dois gols (ambos na goleada por 5 a 1 sobre o Goiás) em três partidas disputadas (Fluminense, Goiás e Cruzeiro, todas pelo Campeonato Brasileiro). Na atual temporada, entrou em campo nove vezes (Atlético Nacional (COL) e New York City (USA), pela Flórida Cup; Ituano, São Paulo, Oeste, Mirassol, Guarani, Santos, pelo Paulistão; e Tigre (ARG), pela Conmebol Libertadores.

Contra o time goiano, aliás, tornou-se o segundo jogador mais jovem a fazer gol pelo Palmeiras em todos os tempos, com 17 anos, três meses e dois dias, desbancando Mazzola, que marcou aos 17 anos, seis meses e cinco dias em 29/01/1956 (o recorde segue sendo de Juliano, que em 19/08/1998 balançou as redes do Nacional (URU), pela Copa Mercosul, com 16 anos, 11 meses e 23 dias.

Na 8ª colocação do Campeonato Brasileiro da Série A com 10 pontos conquistados em 6 jogos realizados, o Palmeiras encara neste domingo (06), ás 11h, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), o RB Bragantino, 18º colocado na competição nacional com 6 pontos ganhos. Este confronto é válido pela 8ª rodada daquele certame. Os seis primeiros colocados garantem vaga na próxima edição da Copa Libertadores, enquanto os quatro últimos são rebaixados à Série B da competição nacional.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_