BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

África do Sul: Ex-Palmeiras, Ricardo Nascimento festeja títulos nacionais pelo Mamelodi Sundowns (ZAF)

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
O zagueiro Ricardo Nascimento comemora os títulos conquistados na África do Sul com a camisa do Mamelodi Sundowns (ZAF) - Crédito: Divulgação

Da Redação
Mamelodi, ZAF, 15 de setembro de 2020

No espaço exato de sete dias, o zagueiro Ricardo Nascimento levantou duas taças pelo Mamelodi Sundowns (ZAF). Primeiro, no último dia 5, o clube sagrou-se campeão da liga nacional na última rodada da competição em disputa acirrada ponto a ponto com o rival Kaizer Chiefs; uma semana depois, no último sábado (12), a equipe venceu o Bloemfontein Celtic, por 1 a 0, na final da Copa da África do Sul. Duas conquistas que representam muito para o único brasileiro a atuar no país.

“Esses títulos representam demais para mim, ainda mais em uma temporada tão difícil para todos por conta da pandemia. Ficamos muito tempo parados, nem sabíamos se o futebol voltaria. Além do mais, eu tive uma lesão que me afastou do começo da temporada, e consegui voltar muito bem após a parada e ser importante para o time novamente”, disse Ricardo Nascimento.

Mamelodi Sundows (ZAF) e Kaizer Chiefs (ZAF) chegaram à última rodada do Campeonato Sul-Africano empatados com 56 pontos, porém, nos critérios de desempate, os Chiefs levavam vantagem no saldo de gols (21 a 18). Os ‘Brasileiros’, apelido da equipe do Sundowns, fizeram a lição de casa e venceram o Black Leopards (ZAF) por 3 a 0, enquanto o arquirrival tropeçou e ficou no 1 a 1 com o vice-lanterna Baroka.

“Vencer dois campeonatos em uma semana é algo único para qualquer jogador, seja jogando na África do Sul, no Brasil ou em qualquer outro lugar do mundo. Vencemos as duas competições mais importantes do país, o título da Liga foi muito emocionante, conquistamos na última rodada, disputando a taça com o nosso maior rival, quando muitos já não acreditavam”, revelou o jogador de 33 anos.

Ídolo do clube sul-africano, o defensor chegou ao time de Pretória em 2016 e, desde então, conquistou cinco troféus: a Supercopa da África (2016-17), três edições da Premiere Soccer League, o Campeonato Sul-Africano (2017-18, 2018-19 e 2019-20) e a Copa da África do Sul (2020). Em julho, o jogador renovou seu contrato até 2023.

“Me sinto muito feliz e bem aqui, minha família e eu adoramos o país, o clube e os torcedores. A África do Sul é nossa segunda casa. Quando renovei meu contrato esse ano, eu disse que queria ajudar o clube a conquistar mais títulos, começando pela Liga e pela Copa. Fico muito contente por atingir essas metas, agora também quero que os Sundowns vençam a Liga dos Campeões da África. Estou aqui para fazer história e quero fazer ainda muito mais”, concluiu.

Ricardo Nascimento, 33 anos, foi revelado pelo Rio Branco (SP), e acumula passagens por Figueirense e Palmeiras no futebol brasileiro. Possui passagem pelo futebol europeu, sobretudo em Portugal, onde atuou por Penafiel (2009/2010), Portimonense (2010 a 2012), Moreirense (2013/2014) e Académica (2014/15 e 2015/16), também vestiu a camisa do Astra Ploiesti, da Romênia, (2011/2012). Desde 2016 defende o Mamelodi Sundowns (ZAF).

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_