BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série B: Sem vencer, CSA demite técnico Argel Fuchs após 4 partidas no comando da equipe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
O técnico Argel Fuchs foi demitido do comando técnico do CSA após 4 partidas - 3 derrotas e 1 empate - Crédito: Augusto Oliveira

Da Redação com Agência Brasil
Maceió, AL, 18 de setembro de 2020

Na lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro, o CSA vai encarar o Cruzeiro neste sábado (19), no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), às 21h, com o auxiliar técnico Adriano Rodrigues à beira do campo. Ele vai assumir o Azulão do Mutange, de forma interina, após a demissão do técnico Argel Fuchs na quinta-feira (17). Por meio de publicação no Twitter, o clube alagoano comunicou a dispensa do treinador, que permaneceu apenas 18 dias no cargo.

“A Diretoria do Centro Sportivo Alagoano comunica que Argel Fuchs não é mais o treinador do clube. O auxiliar-técnico Adriano Rodrigues comanda o treinamento desta sexta-feira e a partida contra o Cruzeiro, marcada para sábado (19), pela Série B”, diz a nota divulgada pelo CSA, lanterna desta edição do Campeonato Brasileiro da Série B.

Desde que a diretoria azulina anunciou o retorno de Argel ao clube, em 31 de agosto, houve manifestações contrárias de torcedores. O motivo do descontentamento foi a maneira como o técnico deixou o clube no ano passado. Restando apenas três rodadas para o final do Campeonato Brasileiro – ainda com chances de o Azulão seguir na elite do futebol nacional – Fuchs saiu do CSA e acertou transferência para o Ceará.

O técnico é terceiro a ser demitido do comando do CSA este ano. O clube nordestino iniciou a temporada com Maurício Barbieri, dispensado em fevereiro, com apenas seis jogos disputados. Na sequência, foi a vez de Eduardo Baptista chegar ao Centro Treinamento Nelson Peixoto Feijó, CT do clube. Ele permaneceu no cargo durante sete meses, entre fevereiro e agosto. O CSA é o lanterna do Campeonato Brasileiro da Série B com apenas quatro pontos conquistados, em oito jogos disputados.

A diretoria do CSA decidiu interromper o trabalho de Baptista após os azulinos perderem para o rival CRB, na final do Campeonato Alagoano, e depois engatarem três derrotas seguidas na Série B do Brasileiro. Com 18 dias de trabalho, em sua segunda passagem pelo CSA, Argel ficou à beira do campo somente em três oportunidades e não conseguiu vencer em nenhuma delas: foram duas derrotas e um empate.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_