BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série B: Gilson Kleina admite momento ruim do Náutico desde sua chegada após derrota para o Confiança

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
O técnico Gilson Kleina lamentou a derrota do Náutico, em casa, para o Confiança e os desfalques que a equipe teve para aquele duelo - Crédito: Divulgação

Da Redação
Recife, PE, 03 de outubro de 2020

O Náutico conheceu neste sábado (03), no estádio Eládio de Barros Carvalho, os Aflitos, no Recife (PE), diante do Confiança, sua quarta derrota nesta edição do Campeonato Brasileiro da Série B. A derrota por 1 a 0 imposta pelo Dragão da Vila Industrial deixou o Timbú à três pontos da zona de rebaixamento. O técnico Gilson Kleina, ex-Ponte Preta e Palmeiras, entende que este é o pior momento daquele clube pernambucano desde sua chegada.

“A equipe oscilou muito nesses dois jogos. [Essa é] uma das razões, e isso não é justificativa, é constatação. Descaracterizamos muito de um jogo para o outro. Desde o jogo do Cuiabá [derrota por 1 a 0 na última terça-feira (29 de setembro)] que nós perdemos peças e, para esse jogo, na verdade, a montagem foi feita praticamente ontem à tarde [sexta-feira (02)]”, explicou o técnico Gilson Kleina.

O gols da vitória do Confiança foi marcado pelo atacante Reis. Além dos atletas sem condições de jogo por lesão ou suspensão, casos de Djavan e Paiva, Kleina teve os desfalques do volante Rhaldney, o meia Lucas Paraíba e o meia-atacante Jorge Henrique, que estão infectados pelo Covid-19. Os mesmo desfalcam o Alvirrubro pernambucano por pelo menos dez dias. Na próxima rodada, o Timbu visita o Paraná Clube, em Curitiba (PR).

“A gente trouxe jogador que estava na transição física e que se superou, como foi o caso do Kieza. Essa dupla de volantes com Josa e Wagninho participaram do primeiro treino. Josa é experiente e a opção por Wagninho era para termos uma articulação, uma saída de bola. O Confiança vinha muito fechado e tentamos abrir com Thiago e Dadá. Mesmo assim tomamos um gol de bola parada e eu entendi que a equipe criou uma ansiedade”, concluiu.

Na 14ª colocação do Campeonato Brasileiro da Série B com 14 pontos conquistados em 12 jogos realizados, o Náutico encara nesta terça-feira (06), ás 19h15, no estádio Durival de Britto, a Vila Capanema, em Curitiba (PR), o Paraná Clube, 4º colocada na competição nacional com 22 pontos ganhos. Este confronto é válido pela 14ª rodada daquele certame. Os quatro primeiros colocados garantem vaga na elite do futebol brasileiro em 2021, enquanto os quatro piores são rebaixados para a Série C.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_