4ª Divisão: Gabriel O Pensador, Athletico (PR) e Baixada Fluminense, conheça o herói do AD Guarulhos: Gabriel Ferreira

Jogador estava há oito meses sem atuar por uma equipe profissional e chega ao AD Guarulhos com contrato até o fim da competição em novembro deste ano

Gabriel Ferreira fez sua estreia com dois gols frente a equipe do Mauá e decretou a primeira vitória do Índio dentro de casa e a equipe entrou no G4 do Grupo 6. Foto: João Rafael Pinheiro

João Rafael Pinheiro
Guarulhos, SP, 13 de maio de 2019

Você sabe quem é Gabriel Antonio Rodrigues Ferreira? Tenho quase certeza que não, mas se você foi um dos 66 pagantes de AD Guarulhos 2×0 Mauá, sabe quem foi o nome do jogo. Sem vencer uma partida em casa no Paulista 4ª divisão e necessitado de entrar no G4 do Grupo 6, o Índio da Metropolitana trouxe um carioca da gema para comandar o atacante, vestir a camisa 9 e trazer alegria a parte azul da cidade na 7ª rodada.

Com menos de 15 minutos, o atacante Gabriel Ferreira, de 22 anos, mostrou a que veio para o AD Guarulhos. Com um gol de cabeça e outro de perna direita, ele estreou com classe na vitória do Índio da Metropolitana. Criado na região metropolitana do Rio de Janeiro, Gabriel iniciou a sua carreira no São Bento Esporte Clube, clube de Duque de Caxias, onde o menino mostrou seus primeiros passos para o futebol.

Empresariado pelo cantor Gabriel O Pensador, o xará foi levado para fazer sua base no Clube Athletico Paranaense. O atleta ficou por três temporadas no Furacão, onde disputou duas Copas São Paulo Júnior, segundo dados da Federação Paulista de Futebol, em 2015 e 2016. Foram quatro partidas pelo Furacão. A única de 2015 contra o rival do AD Guarulhos, o Flamengo (SP). O resultado foi de 3 a 2 para o rubro negro paranaense. Ele também foi companheiro do atual lateral esquerdo do Furacão, Renan Lodi.

“Foram três anos da minha vida, minha base toda foi no Athletico Paranaense, teve altos e baixos, conturbações, quero sempre agradecer o Athletico (PR) por tudo que fez por mim. Tudo que eu sei, tudo que eu aprendi foi lá”. “Mas também tem a parte difícil, tive minha lesão. Tive o rompimento do ligamento anterior e um pedaço do menisco. Daí, a gente dá aquela abaixada, mas peço a Deus força, para me dar força e fazer o que eu gosto que é balançar as redes”.

Entretanto, Gabriel passou por um momento nebuloso na carreira. O atleta chegou a ficar oito meses parado, após retornar do Athletico (PR) para sua cidade natal e jogar pelo Duque de Caxias. Ele afirma que continuou com o preparo físico para aproveitar a primeira chance que aparecesse. ” Mas fiquei na perseverança de Deus. Guarulhos abriu as portas pra mim, só tenho a agradecer toda a diretoria e comissão técnica e o treinador Edu Miranda que me aprovou e acreditou em meu potencial”.

Decisivo, Gabriel Ferreira agradece a confiança do treinador Edu Miranda em seu potencial como jogador. Ele aponta que é fã da dupla RR, Ronaldo e Ronaldinho Gaúcho, suas inspirações para o futebol. “Eu procuro sempre ver as referências. O Ronaldo Fenômeno é o meu ídolo, Ronaldinho Gaúcho, então a gente sempre vai pegando um pouquinho de cada um. Vejo, que hoje em dia, atacante tem que terminar a jogada para finalizar em gol”.

Mesmo em uma posição delicada e com apenas uma vitória na competição, Gabriel aponta que a força do grupo na disputa pelo primeiro triunfo frente a torcida deve-se a união dos jogadores. “Agradecer sempre o trabalho da semana, nosso treinador que nunca deixasse nós se abatermos. Eu sabia que a nossa situação era difícil, estava em um cenário totalmente diferente. Mas nosso grupo se fechou e conseguimos o placar positivo”.

Gabriel enfatiza que na sua formação no Athletico (PR), os treinadores sempre pediam que ele fizesse mais de uma função como atacante. Já que nos gols que marcou pelo Guarulhos um foi com a cabeça e o outro com o pé. “Eu sempre fiz as duas funções, centroavante e ponta, sempre me pediu para eu fazer por conta. Por eu ser alto, forte e rápido. Sempre com agilidade, entrar no facão, e abrir oportunidade para quem vem de trás”.

Com a vitória o AD Guarulhos entra pela primeira vez na zona de classificação com 7 pontos e a 4ª posição. Já o Mauá se mantém na 3°ª posição com 8 pontos. Na próxima rodada, o Mauá recebe o Flamengo (SP), sábado (18) às 15 horas no Estádio Pedro Benedetti, em Mauá. O AD Guarulhos recebe o Barcelona (SP), domingo (19) às 10 horas no Estádio Antônio Soares de Oliveira.

FICHA TÉCNICA
Gabriel Antonio Rodrigues Ferreira
27/02/1997 – 22 anos
1,83m
79 Kg
Clubes: São Bento (RJ), Athletico (PR), Boa Vista (RJ), Duque de Caxias (RJ) e AD Guarulhos