Brasil 2019: Gallese e Guerrero destacam empenho da seleção do Peru na Copa América

Desacreditada, seleção do técnico argentino Ricardo Gareca conquistou o vice-campeonato da competição sul-americana de seleções

O atacante Paolo Guerrero, que defende o Internacional (RS), marcou o gol da seleção do Peru na final da Copa América - Crédito: Fb.com/FederacionPeruanadeFutbol

Antônio Boaventura
Rio de Janeiro, RJ, 07 de julho de 2019

O Peru voltou a disputar uma final de Copa América depois de 44 anos. E nela, os peruanos venderam caro a derrota para a Seleção Brasileira, em duelo disputado neste domingo, 07, no estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). Já o atacante Paolo Guerrero, um dos artilheiros da competição com três gols, e o goleiro Pedro Gallese valorizaram o desempenho do escrete do técnico argentino Ricardo Gareca no torneio disputado no Brasil.

“Trabalhamos e lutamos pelo nosso Peru. É hora de nos unirmos novamente, como já fizemos muitas vezes, mesmo que as adversidades não ajudem. Mas, o peruano é mais forte que tudo isso. Vamos em frente”, disse o atacante Paolo Guerrero, que não teve o reconhecimento da Conmebol como artilheiro da competição por ter um número de assistências inferior ao brasileiro Everton.

Já o goleiro Pedro Gallese lamentou a perda da partida final para a Seleção Brasileira, porém, se diz orgulhoso da equipe peruana pelo fato de voltar a disputar uma decisão de Copa América. O arqueiro também agradeceu o apoio dos torcedores do país andino em solo brasileiro e afirma que este pode ser um período de afirmação do Peru no cenário do futebol sul-americano e também mundial.

“O objetivo não foi alcançado, mas [estou] orgulhoso desse grupo que nunca passou por baixo dos braços e sempre foi para a frente contra tudo e contra todos. Obrigado por todo o seu apoio. Este não é o fim, mas o começo”, concluiu o goleiro Pedro Gallese.

Após a derrota por 3 a 1 para a Seleção Brasileira, o Peru ficou com o vice-campeonato desta edição da Copa América, que foi disputada no Brasil. Os gols daquela partida foram marcados por Everton, Gabriel Jesus e Richarlison, de pênalti, a favor do time de Tite, enquanto o atacante Paolo Guerrero fez o gol peruano. Em seis partidas disputadas, a seleção do Peru obteve como retrospecto 2 vitórias, 2 empates e outras 2 derrotas.

Comentários

avatar
  Subscribe  
Notify of