Brasileirão: Nikão elogia atitude do VAR da partida por não expulsão, e lamenta derrota do Athletico (PR) para o Palmeiras

Atacante rubro negro teve um lance duvidoso aos 30 minutos do primeiro tempo com o goleiro Weverton, do Palmeiras

"Sorte que ele olhou o VAR e não viu que foi uma fatalidade de me expulsar e meu deu amarelo". Foto: Miguel Locatelli

João Rafael Pinheiro
São Paulo, SP, 08 de junho de 2019

O Athletico (PR) perdeu por 1 a 0 para o Palmeiras neste sábado (08) no Allianz Parque, em São Paulo, em partida válida pela 8ª rodada do Brasileirão. Nikão relatou em entrevista, ao canal Esporte Interativo, que o Furacão é uma equipe perseguida, mas não deu mais detalhes.

Em uma partida marcada pela insistência do Palmeiras e o Athletico (PR) explorando os contra ataques, o gol foi anotado de pênalti. Após Márcio Azevedo derrubar Dudu na área, Raphael Veiga, ex- rubro negro, chutou a 212 km/h para marcar o único gol do jogo. Com o resultado, o Palmeiras segue sem perder no Brasileirão e o Athletico sem vencer fora de casa.

Nikão foi um dos nomes da partida deste sábado, o camisa 11 do Furacão teve ao menos duas oportunidades de gol. Mas o que chamou mais a atenção de todos foi o encontro dele com o goleiro Weverton. Nikão, sem querer segundo a arbitragem, acertou o rosto do goleiro do Palmeiras com a chuteira. Em uma primeira vez, o árbitro assinalou o cartão vermelho. Após a verificação ao VAR, anulou a expulsão e concedeu o cartão amarelo.

“Sorte que ele olhou o VAR e não viu que foi uma fatalidade de me expulsar e meu deu amarelo. A gente sabe que o Athletico é um clube muito perseguido, não vou falar o porque, mas todos vocês já sabem. Um clube que faz, e é diferente. E tem todo o apoio de nós, os atletas.

Entretanto, Nikão elogia a atitude do rubro negro paranaense em mandar na partida, mesmo jogando fora de seus domínios. Além disso, ele aponta que o Palmeiras insistiu na bola parada e aérea e em um pênalti conseguiram a vitória.

“Mas a gente fez um grande jogo, tivemos o controle da partida, a gente sabia que o Palmeiras iria jogar uma bola pro alto ou de lateral ou bola parada. E ali, em um lance isolado, acabou o que eles queriam. Conseguiram o pênalti e sairam vencedores”.

Com a derrota, o Furacão estaciona nos 10 pontos e na 10ª colocação. Já o Verdão permanece invicto e na liderança do Brasileirão com 19 pontos, com seis vitórias e um empate. Na próxima rodada, o Palmeiras volta a jogar novamente no Allianz Parque, desta vez contra o Avaí, quinta (13) ás 20 horas. Já o Furacão vai até Goiânia, exatamente no Serra Dourada encarar o Goiás no mesmo dia e horário pela 9ª rodada do Brasileirão.

Comentários

avatar
  Subscribe  
Notify of