Carioca: De contrato renovado, Arnaldo se diz privilegiado por vestir a camisa do Botafogo (RJ)

Ex-Ituano, lateral-direito, que disputou 33 partidas neste ano, permanece em General Severiano por mais uma temporada

Arnaldo.Treino do Botafogo no Estadio Nilton Santos. 09 de Maio de 2017, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo.

Da Redação
Rio de Janeiro, RJ, 27 de dezembro de 2017

O Botafogo (RJ) trabalha na montagem e manutenção do elenco para a temporada 2018 e o lateral-direito Arnaldo, 25 anos, teve contrato renovado com o Alvinegro. Arnaldo chegou ao Botafogo no início do Campeonato Brasileiro de 2017 após se destacar pelo Ituano e, em seis meses, correu para mostrar seu valor em busca de continuidade com a camisa alvinegra. Muito veloz e aplicado dentro de campo, Arnaldo agradou e seguirá no Glorioso.

Feliz com o acerto, o jogador que já vestiu a camisa alvinegra em 33 oportunidades falou sobre o momento na carreira. “Me sinto muito feliz e privilegiado por vestir essa camisa. Eu tinha um contrato de seis meses, um risco, mas em pouco tempo demonstrei minha capacidade. Foi um ano importante para o Botafogo e de super importância para mim também. Sempre vou lembrar dessa temporada, vai ficar marcada na memória”, explicou Arnaldo.

“O primeiro grande clube em que joguei, as grande competições. Acredito que fiz um bom papel nesse período curto e estou feliz por ter ainda mais tempo para dar o meu máximo pelo Botafogo. O clube alinhou a renovação comigo em setembro e já tinham minha palavra”, disse o jogador.

Arnaldo também se mostrou confiante com a efetivação de Felipe Conceição como treinador da equipe. O lateral-direito citou a competência do novo comandante e coloca a competitividade do Alvinegro como ponto forte para brigar por títulos em 2018.

“O que podemos esperar do Botafogo é um time muito competitivo novamente. Continuaremos melhorando cada vez mais e essas mudanças são normais no futebol. O nosso treinador agora é o Felipe, que está no caminho certo e também conhece bem o clube. Agora é dar força a ele, é muito competente. Vamos buscar títulos junto com o Felipe, o que o Botafogo merece”, projetou.

Adaptado ao clube, Arnaldo citou o bom ambiente que todos atletas encontram ao chegar no Botafogo. Para ele, um fator valioso para o bom desenvolvimento do trabalho. “Um bom ambiente ajuda muito no trabalho, um bom relacionamento com os companheiros. Isso foi muito importante na minha chegada. Não cheguei assustado, mas um pouco tímido. Só conhecia o Camilo e o Jonas, mas fui muito bem recebido por todos. Comissão, jogadores, diretoria… Isso foi importante para ajudar o clube desempenhando o meu papel. Será da mesma forma com quer for chegar agora. Vamos acolher da mesma forma”, encerrou.