Catarinense: Marquinhos Silva aposta na base mantida como diferencial do Avaí para buscar o título

Vai começar o campeonato estadual. E o zagueiro, que ajudou a equipe azurra a chegar a elite do futebol brasileiro na temporada passada, está animado com a possibilidade de conquistar o título com muitos dos companheiros de 2018

Da Redação
Florianópolis, SC, 16 de janeiro de 2019

Nesta quinta-feira (17/1), às 21 horas, o Avaí estreia na edição 2019 do Campeonato Catarinense. O primeiro compromisso do Leão será no estádio da Ressacada, diante do Metropolitano.

Bicampeão catarinense em 2014 e 2015, o zagueiro Marquinhos Silva conhece bem o estadual de Santa Catarina. Na opinião do defensor, um dos diferenciais avaianos na competição é a manutenção da base que conquistou no ano passado o acesso à Série A. Mais de 50% do time titular seguiu sendo comandado por Geninho.

“Temos base boa para iniciarmos o campeonato bem. Esse esqueleto de time que foi mantido nos dá entrosamento bom para iniciarmos bem na competição, o que é fundamental. Além da manutenção de boa parte dos titulares, a permanência do Geninho e da comissão técnica também é muito importante´´, reforçou um dos líderes do elenco azurra.

A pré-temporada do Avaí está sendo realizada no município de Águas Mornas. Apesar do curto período de preparação, Marquinhos Silva enalteceu os treinamentos realizados.

“Nossa pré-temporada está muito boa. Treinos muito intensos e necessários para nos darem base visando o início da temporada. Não é o tempo ideal de preparação para a estreia, todos temos a consciência que não vamos começar o campeonato na nossa melhor forma. Mas estamos confiantes que iniciaremos num bom nível e com o passar dos jogos e treinos chegaremos no melhor nível´´, explicou o zagueiro, que tem 100% de aproveitamento nos jogos que enfrentou o Metropolitano.

Marquinhos Silva renovou seu contrato com o Avaí até o final da temporada 2019. Contente em permanecer no clube após ser peça importante no acesso à elite do Brasileiro, o defensor agora quer levantar um troféu pelo clube que o acolheu.

“O Catarinense é um estadual muito difícil. Mas, nosso objetivo é ser campeão, logicamente, respeitando os rivais. Um time com a grandeza do Avaí tem que entrar nesta competição almejando o título. Eu estou muito feliz em ter permanecido, em novamente puder disputar uma Série A, porém, quero mais, quero ser campeão pelo Avaí´´, finalizou.

 

 

Fonte: AV