Cearense: Ricardo Bueno vê briga acirrada por vaga no ataque do Ceará com Roger e Matheus Matias

A partir deste final de semana o Vovô já se prepara para disputar três competições paralelas: Cearense, Copa do Nordeste e Copa do Brasil. E o atual dono da posição no comando do ataque sabe que haverá revezamento para não estourar ninguém

Da Redação
Fortaleza, CE, 29 de janeiro de 2019

A menos de uma semana para a estreia no Estadual, o Ceará enfrenta rotina de treinos em Porangabuçu pensando não só nas disputas do certame local. Em fevereiro, o Vovô estará inserido de vez em três competições simultâneas. Além do Cearense, o técnico Lisca terá que ajustar o elenco para a sequência nos jogos da Copa do Nordeste e Copa do Brasil – a estreia no torneio nacional já acontece na próxima semana.

O atacante Ricardo Bueno reconhece pontos positivos na quantidade de competições que o Ceará tem pela frente, tendo em vista a rodagem do elenco nesse período de pré-temporada e ajustes com novas contratações. A briga saudável por vaga no setor de ataque, antes entre ele e Matheus Matias, agora ganha um novo personagem com a contratação de Roger, ex-Corinthians.

“São competições paralelas e não temos como fugir do calendário. O Lisca passou para a gente que vai revezar os atletas entre um jogo e outro, até para nós termos um tempo de descanso. O Roger está chegando e vamos tentar acolher ele o mais rápido possível. Ninguém chega para roubar posição de ninguém, mas para acrescentar ainda mais ao nosso grupo. Só quem ganha é o Ceará´´, avaliou o centroavante.

Na temporada, Ricardo Bueno já tem dois gols, ambos anotados na goleada de 5 a 0 sobre o Sampaio Corrêa, na estreia da Copa do Nordeste. O Ceará dá o pontapé inicial no Estadual no domingo (3/2). O adversário será definido na quinta-feira, quando se encerra a primeira fase da competição.

Fonte: assessoria de imprensa do Ceará