Chipre: Lulinha celebra primeira temporada no Pafos FC, quer evolução, mas não descarta retorno ao Brasil

Meia-atacante brasileiro tem contrato no clube por mais dois anos

"Tenho o desejo de continuar fazendo minha história na Europa, mas se surgir algo do Brasil, vou conversar se há possibilidade", diz Lulinha. Foto:Divulgação

Da Redação
Pafos, Chipre, 18 de junho de 2019

Contratado pela diretoria do Pafos FC, do Chipre, o meia-atacante Lulinha, com passagens por Corinthians, Bahia, Ceará e Botafogo-RJ, destacou sua primeira temporada no futebol europeu neste ano.

Feliz com a evolução que teve nos últimos meses, o jogador falou sobre as impressões do país e do esporte local. “O Chipre é um país lindo, onde as pessoas são apaixonadas por futebol. Fiquei surpreso com tudo que vi lá. Trabalhei muito neste meu primeiro ano no clube para contribuir com o clube. Estou feliz no Pafos e me dedicando muito para continuar fazendo a minha história no futebol europeu. Esse é meu foco”, disse.

Ainda de acordo com o jogador, que tem contrato com o clube por mais dois anos, seu desejo é continuar fazendo história na agremiação. No entanto, o jogador não descarta um retorno ao Brasil, se tiver uma boa proposta.

“Tenho mais dois anos de contrato com o Pafos. Incialmente, vou continuar no clube para a próxima temporada, mas, claro, vamos ver o que acontece nas próximas semanas. Tenho o desejo de continuar fazendo minha história na Europa, mas se surgir algo do Brasil ou para algum mercado interessante, conversaremos e veremos o melhor para o Pafos e para mim”, afirmou.

Com o fim do Campeonato Cipriano, o Pafos ficou com a 8ª colocação no geral. A equipe somou 21 pontos, após 22 rodadas. Com isso, a equipe ficou no grupo de rebaixamento. Após a disputa entre os últimos seis colocados, o Pafos se safou com a segunda posição.

Comentários

avatar
  Subscribe  
Notify of