Copa do Brasil: Enderson Moreira aprova empate do Bahia diante do Palmeiras e está cofiante para a volta

No duelo de ida das quartas de final da principal competição de mata-mata do Brasil, o Tricolor de Aço ficou no empate sem gols diante do Verdão, na noite desta quinta-feira (2/8), na Arena da Fonte Nova, e agradou o seu comandante

Da Redação
Salvador, BA, 2 de agosto de 2018

Com muita entrega e encarando o forte Palmeiras de igual para igual, o Bahia ficou no empate em 0 a 0 na noite desta quinta-feira (2/8), na Fonte Nova, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Com o resultado, o Esquadrão vai para o jogo de volta, no dia 16, na Arena Palmeiras, precisando de um triunfo para ficar com a inédita vaga nas semifinais. Novo empate, por qualquer placar, leva a decisão para os pênaltis.

Sem tempo para descanso, o Bahia agora volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. No domingo (5), às 19 horas, a equipe visita o Fluminense, no Maracanã.

Após o empate, o técnico Enderson Moreira comentou o desempenho do Bahia e destacou o time nos 90 minutos.

“A atuação da equipe foi consistente. Exceto pelos primeiros 10 minutos, nos quais a gente não estava muito bem, o resto foi bom. A gente tem que enaltecer o desempenho e a entrega do time, que pegou um adversário mais descansado e ainda assim se sobressaiu na maior parte do tempo. Temos também que agradecer todo o apoio dos torcedores, que empurraram do início ao fim´´, disse.

O treinador falou também que detalhes separaram o time de um triunfo.

“A equipe tem se mostrado consciente, focada. Até houve um pouco de ansiedade, e, talvez, se tivéssemos um pouco mais de tranquilidade em alguns lances, poderíamos ter criado mais. Mas nos mostramos competitivos contra time muito qualificado e isso nos dá confiança para querer mais na competição e no resto da temporada´´, avaliou.

Por fim, Enderson avaliou as chances do Bahia avançar às semifinais da Copa do Brasil.

“Agora, em São Paulo, podemos trazer a nossa classificação, porque a equipe mostrou que tem total condição para isso. A situação de não ter o gol qualificado fora de casa não muda muita coisa. O que importa é que a gente tem consciência do que tem que fazer para se classificar e vamos lutar muito para isso´´, ressaltou.



Fonte: assessoria de imprensa do Bahia