Copa do Brasil: Experiente, Robinho espera subir de produção com a camisa do Atlético (MG) em momento decisivo

Com a vitória por 1 a 0 no jogo de ida, o Atlético (MG) pode até perder por um gol de diferença, que mesmo assim garante a vaga

VESPASIANO / MINAS GERAIS / BRASIL (25.07.2017) - treino na Cidade Do Galo - Foto: Bruno Cantini/Atlético

Da Redação
Belo Horizonte, MG, 25 de julho de 2017

O atacante Robinho espera que seu futebol cresça neste momento importante da temporada e que ele possa ajudar o Atlético (MG) a avançar na Copa do Brasil e na Libertadores, além de contribuir para a recuperação da equipe no Campeonato Brasileiro. Ele também destaca a chegada do técnico Rogério Micale, que segundo ele, pode dar um incentivo a mais para o Galo buscar a classificação às semifinais da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, diante do Botafogo, no Rio de Janeiro.

“A gente espera dar um ânimo a mais. Claro que treinador novo todo mundo quer mostrar, então, a gente espera que a gente possa, junto com o Micale, retomar o caminho das vitórias em todas as competições que a gente está disputando. Temos uma vantagem boa e a gente espera que o caminho dos bons jogos e bons resultados possa voltar para o Galo”, comentou o atacante atleticano.

Robinho afirmou que responsabilidade maior é dos jogadores. “Temos que procurar fazer melhor, jogador melhor. Fora de casa, a gente vem jogando bem. Na Copa do Brasil, nosso time está muito bem. Infelizmente, no Campeonato Brasileiro, em casa, a gente está deixando a desejar. Então, a gente tem que se unir. Temos plenas condições de fazer um bom jogo lá, como já fizemos, e a gente espera sair com um bom resultado e classificado”, disse.

“Acho que a gente precisa melhorar muito, somos jogadores que têm qualidade, a gente já mostrou isso. Claro que futebol também é momento. A gente respeita o treinador, a filosofia de trabalho que ele quer implantar, mas acho que nós, jogadores, temos que melhorar. Não é só o treinador. Pode vir o treinador que for, se a gente não tiver focado e não melhorar nosso rendimento, vai ficar difícil. O treinador é importante, mas ele não faz mágica. Então, nós, jogadores, é que temos que melhorar”, completou Robinho.

A partida marcará a estreia do técnico Rogério Micale no comando do time atleticano, que venceu a primeira partida por 1 a 0, em Belo Horizonte, e poderá até perder por um gol de diferença para se classificar, desde que faça pelo menos um gol. Uma vitória da equipe carioca por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis.