Copa do Brasil: Fábio quer Cruzeiro com postura de vencedor em decisão diante do Palmeiras

Raposa pode empatar em até dois gols, que mesmo assim, garante vaga na semifinal da competição nacional

Da Redação
Belo Horizonte, MG, 25 de julho de 2017

Atleta que mais atuou pelo Cruzeiro na Copa do Brasil, competição que conquistou pelo Clube no início da carreira, no ano 2000, o goleiro Fábio completará 51 jogos no torneio nesta quarta-feira em um embate decisivo, contra o Palmeiras, valendo vaga na semifinal. Após o empate em 3 a 3 na partida de ida, em São Paulo, a Raposa joga por um empate em até 2 a 2 ou por uma vitória de margem mínima para avançar à próxima fase e continuar alimentando o sonho do pentacampeonato.

Para alcançar o objetivo, o camisa 1 celeste quer o time 100% focado a todos os detalhes do duelo e buscando o resultado positivo desde o começo. “A gente tem que ter uma postura como sempre, para vencer, especialmente jogando em casa. Temos jogadores de características ofensivas muito bons. Temos que ir em busca do gol. Temos um grupo bastante competitivo e precisamos aliar um bom futebol à força que receberemos do torcedor no estádio, para, assim, alcançar a classificação”, destacou o arqueiro.

“As duas equipes têm jogadores qualidade, transição muito rápida de um setor para o outro. Precisamos estar atentos contra jogadores de velocidade que puxam contra-ataque. Isso com certeza o Mano trabalha bem. Desde a primeira partida o trabalho é refletido e gera uma expectativa muito grande do que queremos alcançar, que é o título. Temos que passar por esse adversário, esse obstáculo”, complementou.

Além da luta pelo penta, Fábio também comentou da possibilidade da conquista do torneio dar uma vaga ao time na Copa Libertadores de 2018. Na opinião do goleiro, com o novo formato, a Copa do Brasil se tornou uma competição ainda mais valorizada e difícil de se vencer. “Para alcançar o título na Copa do Brasil são cinco decisões. Mas, é bom citar que a Copa do Brasil se tornou um Brasileirão mais difícil”.

“Ainda mais para o Cruzeiro que atuou desde a primeira fase, contra equipes de tradição e difíceis, e está se mantendo forte na competição. Temos cinco jogos decisivos, um caminho curto, mas bem árduo. Temos que nos sobressair em todos os aspectos, não deixar nada para depois, e a partida contra o Palmeiras é dessa forma, fazer o melhor para ser campeão”, projetou.

O goleiro estrelado citou o mais recente encontro entre as duas equipes, pelo Campeonato Brasileiro, vencido pelo Maior de Minas por 3 a 1. Para Fábio, repetir o espírito daquela partida será essencial para o Cruzeiro sair de campo vencedor novamente. “Fizemos bem nosso dever no jogo do Brasileiro, numa forma diferente, para melhor. Um jogo decisivo, diferente de um campeonato por pontos corridos, mas temos que pegar algo positivo do que fizemos nesta partida em que ganhamos para colocar nesta decisão”, concluiu.