Copa do Brasil: Felipão demonstra insatisfação com desclassificação do Palmeiras diante do Cruzeiro

Assim como na temporada anterior, a equipe mineira conquistou a classificação naquela competição nacional contra o Verdão

Antônio Boaventura
Belo Horizonte, MG, 26 de setembro de 2018

Em mais uma oportunidade, Palmeiras e Cruzeiro voltaram a se encontrar por uma fase decisiva da Copa do Brasil. E assim como na temporada anterior, a Raposa levou a melhor sobre a equipe paulista e decide o título desta edição diante do time de Parque São Jorge. Insatisfeito com o resultado final, o técnico Luiz Felipe Scolari afirmou que trocaria o tempo disponível para se dedicar às disputas da Copa Libertadores e Campeonato Brasileiro pela classificação à final.

“Esse é uma lado positivo que eu trocaria pela classificação. Essa classificação vale uma vaga na final de uma competição brasileira que te leva sendo campeão a Libertadores. Esse é um título fantástico que se consegue no futebol do Brasil. Vamos ter mais tempo de recuperação e treinamento, mas a gente trocaria por uma classificação”, declarou o técnico Luiz Felipe Scolari.

Nas fases decisivas desta competição nacional, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) disponibiliza o árbitro de vídeo. Em um dos últimos lances da partida, Felipão enxergou falta no atacante William, que na sequência tentou acionar o zagueiro Antônio Carlos no comando de ataque, mas que veio a se chocar com o goleiro Fábio. Diante da decisão do árbitro, Felipão entende que os envolvidos precisam se adaptar a esta nova realidade.

“Se notarem e observarem e ler o que ele falava quando colocava a mão no ouvido dizia ‘Foi falta. Foi falta. Não foi falta’. Eu acho que esse VAR [Árbitro de Vídeo] vai ser uma confusão dos infernos. Mas, a gente vai ter que adaptar, nós [técnicos], os árbitros, os jogadores e tudo mais. Não deu, ok, continua a jogada e termina”, encerrou.

Depois de empatar em 1 a 1 com o Cruzeiro no jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil, em partida realizada nesta quarta-feira, 26, no estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, em Belo Horizonte (MG), o Palmeiras deu adeus a possibilidade de título desta edição da Copa do Brasil desta temporada. A primeira partida realizada na Arena Allianz Parque, em São Paulo (SP), terminou com a vitória cruzeirense por 1 a 0.