Copa do Brasil: Jorginho exalta luta do time, agradece torcida e mira sequência do Vasco na temporada

Equipe carioca precisava vencer o Bahia por quatro gols de diferença para conquistar a classificação para a fase quartas de final

Da Redação
Rio de Janeiro, RJ, 16 de julho de 2018

O Vasco não conseguiu a classificação para às quartas de final da Copa do Brasil, mas o técnico Jorginho ficou feliz com o desempenho do time. A equipe venceu por 2 a 0 – gols de Yago Pikachu e Andrey -, e quase conseguiu uma virada. Após a partida, o comandante vascaíno exaltou a luta dos seus jogadores, que saíram aplaudidos pela torcida em São Januário.

“A gente não conseguiu o terceiro gol. Quero parabenizar nossos atletas pela entrega, disciplina tática, foi do início ao fim sempre muito organizada. Tivemos duas substituições logo no primeiro tempo. Isso dificultou bastante e voltei pro segundo tempo jogando num 3-5-2″, disse o técnico Jorginho.

O comandante vascaíno analisou o desempenho do time diante do Bahia e já mostrou que o time precisa olhar para a frente, pensando nos próximos adversários. Tivemos oportunidades com o Ríos e poderia ter tido uma melhor finalização. Estamos numa fase inicial de trabalho e vi uma equipe guerreira, que queria. Foi importante para os jogadores verem que além de uma equipe guerreira, é uma equipe qualificada”, declarou.

“Teremos jogos dificílimos. Fluminense, Grêmio, LDU e depois Corinthians. É só pedreira. Mas mostramos que a equipe está organizada, poderíamos ter tido um desempenho melhor, mas fiquei satisfeito com a superação. Jogamos diante de uma equipe com ritmo de jogo. A diretoria está buscando alguns nomes, como o Maxi e o Henríquez.

Jorginho também fez muitos elogios para a torcida do Vasco, que compareceu em peso para o duelo desta segunda-feira, 16. O técnico também falou sobre a presença dos torcedores no dia anterior, durante um treino aberto no dia da final da Copa. “É uma satisfação estar de volta ao Vasco e ver a torcida comprando a ideia. Vieram no domingo, dia de uma final de Copa do Mundo. Foram quase cinco mil vascaínos aqui. Hoje, uma segunda-feira, a diretoria abaixou o preço dos ingressos e eles vieram em peso”, concluiu.