Copa do Brasil: Mesmo com a eliminação, Paulo André enxerga mudança de postura do Furacão com Tiago Nunes

Segundo o defensor, o Atlético (PR) perdeu a classificação para a fase quartas de final na derrota por 2 a 1 no duelo realizado na Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Da Redação
Belo Horizonte, MG, 16 de julho de 2018

O retorno do Atlético (PR) aos gramados, após a pausa para a Copa do Mundo, marcou também a volta do zagueiro Paulo André ao time paranaense. Recuperado de uma lesão nas costas, o jogador foi titular diante do Cruzeiro, no confronto válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil, em Belo Horizonte (MG). O empate em 1 a 1 eliminou o Furacão da competição nacional.

“Foram 16 treinos com o Tiago (Nunes), mas a gente vê uma mudança de postura tática. Acho que assimilamos bem e fizemos uma partida equilibrada. Em termos gerais, perdemos a classificação no jogo em casa”, disse o zagueiro do Rubro-Negro paranaense, que aprovou a atuação da equipe sob o comando do novo comandante.

A próxima partida atleticana será contra Internacional, pelo Brasileirão, nesta quinta-feira, 19. “Precisamos de um número maior de jogos. Alguns reforços já chegaram, outros voltaram ao Clube. Isso aumenta o número de atletas e dá opções ao Tiago. Esperamos que o segundo semestre, em termos de pontos, seja muito melhor do que o primeiro”, concluiu Paulo André.

Já o técnico Tiago Nunes, que substitui Fernando Diniz no comando daquela agremiação do estado do Paraná, entende que apesar do revés no agregado, a consistência apresentada pelo Atlético (PR) foi um dos focos neste início de trabalho. Ele também elogiou o desempenho do time diante da Raposa no Mineirão.

“Estou feliz de como a equipe respondeu. Em um tempo curto de trabalho, conseguimos ser consistentes”, destacou, em entrevista coletiva após o duelo. “Optamos por dar uma ênfase maior para a consistência defensiva. Avaliamos que a equipe estava sofrendo muitos gols”, concluiu.