Copa SP: Em despedida, atacante Cordeiro aprova atuação da AD Guarulhos contra o Madureira

Equipe da 4ª divisão do futebol paulista encerrou sua participação na 50ª edição da Copa São Paulo com vitória sobre o Madureira

Antônio Boaventura
Guarulhos, SP, 12 de janeiro de 2019

A proposta da AD Guarulhos para esta 50ª edição da Copa São Paulo era surpreender seus adversários e repetir a campanha da última temporada. Ou seja, garantir sua classificação para a próxima fase. No entanto, nenhum destes propósitos foram alcançados, mas para o atacante Cordeiro a atuação contra o Madureira, pela última rodada do grupo 26, mostrou que o time poderia alcançar as metas traçadas.

O camisa 27 do Índio guarulhense foi autor de um dos gols da equipe na partida de despedida da principal competição nacional de categorias de base. Coube ao zagueiro Pedro Arcoverde marcar o outro gol da equipe azul e branca da cidade de Guarulhos (SP). O resultado deixou os guarulhenses na 3ª colocação daquela chave com 3 pontos conquistados em 3 jogos realizados.

Apesar do gol marcado e da vitória conquistada, o atacante Cordeiro lamentou a eliminação da AD Guarulhos, ainda, na 1ª fase, da Copa São Paulo. Contudo, ele entende que a equipe apresentou um bom futebol e poderia ter ido mais longe na competição, além de comemorar o fato de disputar sua primeira Copa São Paulo.

“A sensação não é boa por que a gente queria a classificação, mas fiquei feliz pelo desempenho da equipe e o gol também. É muito gratificante pra mim participar de uma competição deste porte e ir bem. Primeiro gol na Copinha é sempre bom, além de ser um sonho e dele ser concretizado”, concluiu.

Depois da vitória por 2 a 0 sobre o Madureira na última rodada da 1ª fase do grupo 26, a AD Guarulhos encerrou sua participação na 50ª edição da Copa São Paulo. O Índio guarulhense terminou com 3 pontos conquistados em 3 jogos realizados e ficou na 3ª colocação daquela chave com sede na cidade de Guarulhos (SP). Além da vitória sobre os cariocas, os guarulhenses perderam para o Flamengo (SP) por 2 a 0 e para o Coritiba por 3 a 2.