Copa SP: Mozart culpa estado do gramado Antônio Soares de Oliveira por desempenho do Coritiba na 1ª fase da “Copinha”

Com a vitória por 2 a 1, de virada, sobre o Flamengo (SP), o Coxa-Branca encerrou sua participação na liderança isolada do grupo 26 com 7 pontos

Antônio Boaventura
Guarulhos, SP, 12 de janeiro de 2019

Equipe de maior expressão do grupo 26 da 50ª Copa São Paulo, o Coritiba confirmou seu favoritismo e terminou a 1ª fase na liderança isolada daquela chave com 7 pontos conquistados em 3 jogos realizados. Mas, para o técnico Mozart as condições do gramado do estádio Antônio Soares de Oliveira, em Guarulhos (SP), e o forte calor nos dias de jogos impediram sua equipe de apresentar um melhor futebol.

“Em termos de produtividade deixamos a desejar em alguns momentos. Tem alguns fatores que tem de levar em consideração como a mudança grande quanto ao número de jogadores que nós tínhamos até dezembro (6 jogadores), tem a questão do calor intenso e o gramado muito pesado para o nosso tipo de jogo”, explicou o técnico Mozart.

Entretanto, o comandante da equipe paranaense espera que o time possa evoluir na competição nas etapas seguintes. Mas, ressalta que o Coritiba apresentou um melhor futebol diante do Flamengo (SP), além de destacar a conquista do objetivo traçado para esta primeira fase, que era de encerrar na liderança do grupo.

“Isso acaba afetando na qualidade do jogo e se torna mais fácil de marcar, e ficamos previsíveis por esta questão. Eu já gostei desse último jogo em que enfrentamos o time da casa. Tivemos dificuldades até tomar o gol, mas dominamos nos últimos 25 minutos do jogo e o objetivo era terminar em primeiro do grupo”, encerrou.

Depois de vencer o Flamengo (SP) por 2 a 1, de virada, o Coritiba terminou sua participação no grupo 26 da 1ª fase da 50ª edição da Copa São Paulo de forma invicta e na liderança com 7 pontos conquistados em 3 jogos realizados. Com este desempenho, o Coxa-Branca encara na próxima fase o União Mogi (SP) neste sábado, 12, ás 18h15, no estádio Francisco Ribeiro Nogueira, em Mogi das Cruzes (SP).