Coreia do Sul: Brasileiro Willyan Barbwanosa deixa o Panetolikos, da Grécia, e acerta com o Gwangju

O jogador, que atuou dois anos no Torino, da Itália, e obteve a cidadania italiana, atuou também em Portugal, no Beira Mar. Nacional e depois Vitória de Setúbal, chegou na Grêcia em fevereiro de 2017 e agora já mudou de clube outra vez

Da Redação
Gwangju, KOR, 18 de março de 2019

Um dos principais nomes do Panetolikos na temporada, Willyan Barbosa deixou o futebol grego para assinar por duas temporadas com o Gwangju, da Coreia do Sul. O meia brasileiro foi apresentado pelo líder da K League 2 nesta segunda-feira (18/3) e deve estrear por sua nova equipe no próximo dia 30, em confronto fora de casa com o Chunnan Dragons.

“Eu estava muito bem na Grécia, mas o futebol sul-coreano é um mercado muito interessante. O Gwangju está investindo forte para voltar à elite do campeonato nacional e a proposta foi irrecusável. Estou bastante motivado e espero ajudar o clube a alcançar esse objetivo´´, declarou o meio-campista de 25 anos de idade.

DO PARÁ PARA O EXTERIOR

Natural de Vitória do Xingu, no Estado do Pará, Willyan da Silva Barbosa teve sua primeira experiência no futebol na Tuna Luso, de Belém, aos 13 anos. Em seguida, destacou-se nas categorias de base do Leme, do Rio de Janeiro, despertando o interesse do tradicional Torino em 2011.

Permaneceu na Itália por dois anos, período em que obteve a nacionalidade do país europeu, acertando pouco depois sua transferência para Portugal, inicialmente vestindo a camisa do Beira Mar. Na temporada seguinte, foi contratado pelo Nacional, até transferir-se para o Vitória de Setúbal, em junho de 2017. Em fevereiro do ano passado, Willyan acertou com o Panetolikos, da Grécia, ficando até o início deste mês.

Fonte: Tática Assessoria