Especial: Paranaense, estudante de direito sonha em assistir uma partida de futebol na Arena do Grêmio

A distância de quase 1000 quilômetros entre Guaíra (PR) e Porto Alegre (RS) parece não ser problema para a gremista Jaqueline Moura

Da Redação
Guaíra, PR, 08 de janeiro de 2018

Quem disse que o futebol é só para os homens? Ledo engano. Torcedora fervorosa do Grêmio, atual campeão da Copa Libertadores, Jaqueline Cunha, 30 anos, e estudante de direito, revelou que seu sonho é deixar a cidade paranaense de Guaíra e ter como destino a Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS). Motivo: acompanhar de perto uma partida do Tricolor dos Pampas.

“Ainda não fui a um estádio, mas vou sim se Deus quiser. Este é meu sonho. Sou gremista e não perco um jogo do time. Torcer para o Grêmio significa um vínculo comigo mesmo, com a juventude, com os amigos”, explicou Jaqueline Cunha, torcedora do Grêmio e estudante de direito.

Além de revelar sua paixão pelo time do Grêmio, Jaqueline também revelou que começou a acompanhar a equipe do Rio Grande do Sul por conta da influência de seu namorado, que não teve sua identidade revelada por ela e torcedor fanático, de acordo com a estudante. No entanto, segundo a estudante, desde seus 15 anos acompanha todos os jogos do time gaúcho em qualquer circunstância

“Até os meus 15 anos eu não torcia pra ninguém. Comecei a namorar um gremista e ele não perdia um jogo do Grêmio. Era viciado no Grêmio e eu acompanhava ele, então peguei amor pelo time e hoje sou gremista de coração”, destacou.

No último ano, o Grêmio conquistou seu terceiro título da Copa Libertadores e o segundo vice-campeonato mundial ao perder a decisão para o Real Madrid (ESP). Jaqueline afirma que 2017 foi um ano especial para todos os gremistas. “Com o Renato Gaúcho, o torcedor do Grêmio recuperou sua autoestima com os títulos da Copa do Brasil e da Libertadores. O Grêmio é muito grande”, concluiu.