Especial: Promotora de eventos, Jéssica Lima destaca a Copa do Mundo como aspecto de união entre as pessoas

Ela, que também atua como modelo fotográfica, destina parte de seu tempo para acompanhar o Grêmio, do técnico Renato Gaúcho

Da Redação
Alvorada, RS, 10 de dezembro de 2018

Independente do local em que seja realizada, a Copa do Mundo é um evento que atrai à atenção de todo planeta. E no Brasil, país com maior número de conquistas, não é diferente. Tanto que a promotora de eventos Jéssica Lima, 21 anos, entende que a maior competição de futebol do mundo serve como aspecto de união entre as pessoas. O título do Mundial disputado neste ano na Rússia ficou com a França.

Naquela ocasião, os franceses bateram na grande final a Croácia, de Luka Modric, que foi eleito o melhor jogador daquela competição. A vitória por 4 a 2 garantiu o bicampeonato mundial aos Blues. A equipe de Deschamps marcou com Mario Mandzukic (contra), Antonie Griezmann, Paul Pogba e Kylian Mbappé. Já os croatas, que disputaram uma final de Copa pela primeira vez, balançaram as redes francesas com Mandzukic e Ivan Perisic.

“Acho bem interessante [a disputa da Copa do Mundo]. [É muito] legal, [até por que] reúne o mundo todo. Poderíamos ter ganho a Copa do Mundo sim e torci muito pela nossa Seleção Brasileira, é claro”, disse Jéssica Lima, promotora de eventos e modelo fotográfica nas horas vagas.

Além de ser fã declarada dos jogos da Copa do Mundo, Jéssica também revelou ter outra paixão quando o assunto é futebol. Trata-se do Grêmio. Sob o comando do técnico Renato Gaúcho, que renovou seu vínculo com o clube gaúcho por mais uma temporada, o Tricolor dos Pampas conquistou neste ano os títulos do Campeonato Gaúcho e da Recopa Sul-Americana sobre o argentino Independiente.

Em contrapartida, a equipe do Rio Grande do Sul encerrou sua participação na Copa do Brasil na fase quartas de final e na Copa Libertadores foi batido pelo River Plate (ARG), que se sagrou campeão, na semifinal. Já no Campeonato Brasileiro da Série A, o Grêmio terminou a competição nacional na quarta posição com 66 pontos. Teve como retrospecto 18 vitórias, 12 empates, 8 derrotas, 48 gols marcados e outros 27 sofridos. O time conquistou 58% dos pontos disputados.