Especial: Torcedora do Flamengo, a empresária Júlia Port elege o clássico Fla-Flu como sua principal partida

Ela revelou que o atacante Felipe Vizeu, o goleiro Júlio César e o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho são seus ídolos no futebol

Da Redação
Rio de Janeiro, RJ, 07 de dezembro de 2018

Clássico é clássico e não se discute. Modelo e empresária, Júlia Port, 23 anos, não esconde a sua torcida pelo Flamengo e elege o clássico entre o seu time de preferência e o Fluminense como sua principal partida. Júlia também ressalta que mesmo acompanhando este confronto em seus aposentos, a tensão costuma entrar em campo. No entanto, a mesma espera um dia ter a oportunidade de ir ao estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), para assistir um jogo do Rubro-Negro carioca.

“Desde criança sou flamenguista e sempre tive admiração pelo meu time. Foi passado da minha família para mim. Minha irmã sempre torceu para o Flamengo, e isso iniciou o meu amor pelo time quando eu era apenas uma pequena criança. Não possuía entendimento do que acontecia, mas a cada gol, eu ficava muito feliz e ali vi a importância do flamengo na minha vida”, explicou Júlia Port.

A empresária revelou que sempre acompanha as partidas do Flamengo, em casa, na companhia de seu pai, mas que tinha alguma divergência por conta da torcida dele pelo rival Botafogo (RJ). “Meu pai [José Roberto] foi jogador de futebol do Bangu há muitos anos atrás, então sempre víamos futebol e apostávamos juntos. Gosto de futebol e apesar de meu pai torcer para o time adversário, respeitamos as nossas diferenças”, disse.

Com a emoção à flor da pele, a modelo disse que a tensão é também outro componente desta relação com o Rubro-Negro carioca, além de ter como ídolos o jovem atacante Felipe Vizeu, que atualmente defende a Udinese (ITA), o goleiro Júlio César, que deixou os gramados nesta temporada, e o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho, pentacampeão do Mundo com a Seleção Brasileira em 2002.

“Eu gosto do [Felipe] Vizeu. O ídolo mesmo que eu tive e que fez parte do Flamengo foi o Ronaldinho Gaúcho e Júlio César. O Júlio César e o Ronaldinho fizeram parte da Seleção Brasileira e desde lá eu já possuía admiração enorme por eles. E terem feito parte do meu time, só aumentou o sentimento”, afirmou.

Contudo, Júlia ainda não teve o prazer de assistir uma partida de futebol em um estádio, mas espera que algum dia possa ter como destino o estádio do Maracanã, palco das Copas do Mundo de 1950 e 2014. “Em casa eu assisto os jogos, porém, nunca foi em um jogo presencial. Ainda. Espero algum dia ir ao Maracanã.Mesmo sendo do Rio [de Janeiro (RJ)], tive oportunidade de ir várias vezes. Mas, por não gostar tanto de tumulto prefiro assistir os jogos no meu canto”, concluiu.