Paulistão: Meia do Santos, Jean Mota comemora a artilharia do Campeonato Paulista

O melhor futebol apresentado no Estadual foi o do Peixe, comandado pelo técnico argentino Jorge Sampaoli. Porém, a equipe acabou eliminada nas semifinais. Mas nem isso impediu o Alvinegro Praiano de ter o principal goleador da competição

Com sete gols marcados, após deixar de atuar improvisado na lateral, o meia foi o principal goleador do Paulistão. Foto: Ivan Storti

Mesmo sem avançar as finais do Campeonato Paulista da Série A1 de 2019, o Santos tem algo a comemorar ao fim do torneio. O meia Jean Mota foi o artilheiro da competição com sete gols e afirmou a teoria do “DNA” ofensivo do alvinegro praiano. O ‘título’ foi reconhecido após Gustagol não alcançar a marca do santista, já que marcou quatro gols junto de Danilo Avelar também do Corinthians.

A frente dos principais atacantes do times grandes do estado de São Paulo, Jean Mota de fato fica para a história. Com a marca alcançada, ele se torna o 28° santista artilheiro do Campeonato Paulista. A última vez que o Santos teve o artilheiro foi em 2015, quando Ricardo Oliveira, hoje no Atlético (MG), marcou 11 tentos.

O Santos é o segundo time com mais artilheiros na história do Estadual, com 16 vezes. O Corinthians conseguiu essa façanha em 22 oportunidades. Jean Mota alcançou a artilharia com gols contra Ferroviária, São Bento, Bragantino, Ituano, Mirassol e Guarani, este último duas vezes.

Aos 25 anos, o paulistano Jean Mota Oliveira de Souza atinge o ápice de sua carreira, que começou na Portuguesa, passou pelo Fortaleza e prossegue no Santos desde junho de 2016. Com 1,72, canhoto, ele tem se destacado não só pelos gols, mas também pelas assistências.

Fixado na meia pelo técnico Jorge Sampaoli, que o tirou da lateral-esquerda, o versátil Jean Mota tem apoiado mais o ataque e batido a gol com frequência. Como prêmio de sua ousadia e precisão, torna-se um meia santista artilheiro do Campeonato Paulista, primeiro desde Elano, em 2011.

Mesmo com o artilheiro do torneio, o Santos se concentra para a partida decisiva pela Copa do Brasil, na próxima quarta (24) contra o Vasco em São Januário. Na partida de ida, o Peixe venceu por 2 a 0, com gols de Rodrygo e do próprio camisa 41 Jean Mota. O Alvinegro tem a vantagem de um gol para o cruzmaltino carioca.

Comentários

avatar
  Subscribe  
Notify of