Libertadores: Balbuena e Loss assimilam derrota para Millonarios e pensam no duelo contra o Inter

A primeira colocação na fase de grupos foi conquistada e as duas derrotas em casa, na primeira fase, precisam ser esquecidas. Momento é de dar a volta por cima no Brasileiro e o foco é o duelo diante do Colorado, domingo (27/5), em Porto Alegre

Da Redação
São Paulo, SP, 25 de maio de 2018

A derrfora para o Millonarios (COL) por 1 a 0, em Itaquera, na última quinta-feira (24), não abalou em nada os planos do Corinthians. O jogo valia pela última rodada da fase de grupos, a classificação em primeiro lugar já estava garantida e agora é aguardar o sorteio para saber o adversários das oitavas de final. O técnico Osmar Loss e zagueiro Balbuena lamentaram, claro, o tropeço dentro de casa, mas entendem que o time não jogou mal, criou bastante, mas acabou pecando nas finalizações. E sem perder tempo já projetaram a volta por cima, agora no Campeonato Brasileiro, no domingo, em Porto Alegre, contra o Internacional, pela sétima rodada.

“O jogo aconteceu exatamente como a gente previa. O Millonarios mudou bastante a escalação. Colocou um cara de muita velocidade e altura em cima do Mantuan. A gente buscou, construiu bastante oportunidade de gols. A gente não fica satisfeito com derrota nunca. Mas quando a gente vê bastante chance de gol é porque estamos indo para o caminho certo´´, disse Osmar Loss.

“A gente criou muito e perdeu. O cara chutou e fez. Mas não vamos lamentar, porque a gente também errou muito lá na frente. É muito relativo se tivesse mais 45 minutos. É o que eu falei antes, é voltar a ter o time competitivo que somos´´, falou Balbuena.

Antes da partida, o técnico Osmar Loss teve apenas um dia de treinamento com a equipe, já que Fábio Carille pediu demissão na noite da última terça-feira (22) após acertar com o Al-Wehda, da Arábia Saudita.

“A semana foi curta. Dois dias muito intensos. É bom para que a gente pense, projete. A partir de hoje começo a ter a real noção do que é dirigir o Corinthians. Antes tudo era discutido, mas a decisão era do Fábio e agora a decisão é minha. Será tudo diferente´´, prosseguiu o treinador.

Antes de finalizar, Osmar Loss e Balbuena falaram também sobre a sequência da Libertadores. Um sorteio, que acontecerá no próximo dia 4 de junho, às 20 horas, na sede da Conmebol, definirá os confrontos das oitavas de final.

“Acho que começa um novo campeonato quando entra no mata-mata. Não foi satisfatório as duas derrotas em casa, mas não traz reflexo para o mata-mata. A gente atingiu nossos objetivos que era classificar em primeiro. A mesma coisa na Copa do Brasil, que conseguimos a classificação´´, comentou o técnico corinthiano.

“O nosso objetivo maior era a classificação, e se ficasse em segundo também pegaria muito time grande. A gente fica triste por conta das derrotas´´, finalizou o zagueiro paraguaio.

Pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro de 2018, o Corinthians viaja para enfrentar o Internacional. O jogo será disputado no estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre. Com 11 pontos ganhos, o Timão está na terceira posição da tabela de classificação, atrás apenas de Atlético-MG e Flamengo. Na Arena, a equipe volta a jogar na quinta-feira (31), feriado de Corpus Christi, quando enfrenta o América-MG, às 18 horas, também pelo Brasileirão, pela oitava rodada.

Fonte: assessoria de imprensa