Libertadores: Meia Tomás Andrade conta com fator casa para Athletico buscar primeira vitória no torneio

Depois de iniciar a fase de grupos do principal torneio sul-americano perdendo por 1 a 0 para o Tolima, na Colômbia, o Furacão corre atrás da volta por cima em sua estreia na Arena da Baixada. O rival será o Jorge Wilstermann, da Bolívia, quinta-feira, 21h

Da Redação
Curitiba, PR, 12 de março de 2019

O Athletico Paranaense busca, nesta quinta-feira (14/3), a recuperação na Libertadores após perder para o Tolima, na Colômbia, por 1 a 0 na primeira rodada. Pelo Grupo G, o Furacão recebe o Jorge Wilstermann, da Bolívia. O duelo acontece às 21 horas, no Estádio Joaquim Américo, a tradicional Arena da Baixada.

Nos treinamentos realizado nesta semana, o técnico Tiago Nunes faz os últimos ajustes na equipe. E prepara material para esmiuçar todos os detalhes do adversário para os seus jogadores.

Após o revés para o Tolima, na estreia da competição, o meia Tomás Andrade confia em boa atuação e resultado diferente no primeiro jogo em casa.

“Queríamos ter vencido na Colômbia, mas não conseguimos. Agora, é focar na quinta-feira para conseguir essa vitória em casa, diante do nosso torcedor´´, disse o camisa 8 do Furacão.

Apesar do resultado negativo na semana passada, o meio-campo do Furacão aponta a melhora do time no segundo tempo como exemplo para a sequência da Libertadores.

“A equipe esteve mais solta no segundo tempo e ficou mais com a bola. Então, serve de exemplo´´, afirmou.

Adversário do Rubro-Negro, o Jorge Wilstermann empatou com o Boca Juniors na estreia.

“Todos os adversários são difíceis. Temos que aproveitar que jogamos em casa e fazer valer o nosso estilo de jogo´´, ressaltou Tomás Andrade.