Mato-Grossense: Artilheiro da Série C, Caio Dantas reforça o ataque do Cuiabá nesta temporada

Com a camisa do Botafogo (SP), o atacante marcou 11 gols na última edição do Campeonato Brasileiro da Série C

Antônio Boaventura
Cuiabá, MT, 07 de janeiro de 2019

Apesar da mudança de clube, o atacante Caio Dantas não vai sentir falta de uma coisa na cidade de Cuiabá (MT): o calor. O atacante acertou nesta semana sua transferência do Botafogo de Ribeirão Preto (SP), cidade conhecida como a califórnia paulista, para o Cuiabá, que praticamente possui o mesmo clima. Ele classifica o fato de conquistar à artilharia da Série C do Brasileiro com a camisa do Pantera como uma marca importante e espera repetir a dose com a camisa do Dourado nesta temporada.

“Significa bastante para quem é atacante. Então, para mim foi um prêmio individual muito importante. Agora estou no Cuiabá, clube que está acreditando muito no meu trabalho e eu vou fazer de tudo para ajudar dentro de campo”, disse o atacante Caio Dantas, reforço do Alviverde de Mato Grosso para esta temporada.

Autor de 11 gols na última edição do terceiro nível do futebol nacional, Dantas espera retribuir a confiança que o clube mato-grossense está depositando em seu trabalho nos compromissos que o time terá pela frente neste ano. “A expectativa é a de fazer um grande trabalho e procurar aproveitar ao máximo a oportunidade que o clube está me dando”, declarou.

Sem chegar a um acordo para permanecer no Pantera para as disputas do Campeonato Paulista da Série A1 e do Campeonato Brasileiro da Série B, competição que irá jogar pelo time cuiabano, Caio Dantas entende que cumpriu o seu papel com a camisa do clube da cidade de Ribeirão Preto (SP), além de destacar a importância que sua passagem pelo Botafogo (SP) passou a ter em sua carreira.

“O que aconteceu foi que não chegamos a um acordo com o Botafogo (SP), mas é um clube que ficará marcado na minha vida. [Tenho a] sensação de dever cumprido não só por terminar como artilheiro, mas pelo acesso. A artilharia acredito que foi consequência de um bom trabalho que fiz”, encerrou.