Mineiro: Fred marca três vezes, assume a artilharia, Cruzeiro derrota América-MG e coloca pé na final

A Raposa tinha a vantagem de jogar por dois empates para garantir vaga na final do Estadual. No primeiro duelo das semifinais, fora de casa, fez 3 a 2 no Coelho e agora pode até perder por um gol de diferença no próximo domingo, no Mineirão

O inspirado centroavante Fred, frio e calculista na cara do gol, marcou três vezes na vitória do Cruzeiro diante do América-MG por 3 a 2, neste domingo (31/3), no Independência, no jogo de ida da semifinal do Campeonato Mineiro. Além da Raposa ampliar a vantagem, pois agora pode perder por até um gol de diferença na volta, no Mineirão, o seu camisa 9 se tornou artilheiro isolado do torneio, com 10 gols. Diego Jussani e Jonatas Belusso descontaram.

Antes do compromisso pela vaga na decisão, o Cruzeiro volta a jogar pela Libertadores, contra o Emelec, pela terceira rodada do Grupo B. A partida acontece na quarta-feira, no estádio George Capwell, na cidade de Guayaquil.

Os três gols de Fred foram fundamentais para o torcedor celeste manter a confiança na classificação da equipe para a final do estadual e aumentar a esperança de grande ano da Raposa nas várias competições de 2019.

A boa fase do atacante em 2019 é comprovada em números. Até o momento são 11 jogos disputados e dez gols marcados, todos eles pelo Campeonato Mineiro. Além de balançar as redes, Fred também tem colaborado com os companheiros. Tanto que já tem três assistências na temporada.

“Partida muito especial para mim, clássico, pude fazer três gols e estou feliz pela vitória, que foi importante e ampliou nossa vantagem. Um dia muito especial, gosto de jogar no Independência´´, revelou o camisa 9.

Fã do centroavante cruzeirense, o técnico Mano Menezes falou sobre o momento vivido pelo artilheiro celeste e lembrou da fase de garçom do atacante, que coincidentemente na última quarta-feira colaborou na vitória sobre o Deportivo Lara com duas assistências.

“Gosto muito dele, o defendi em momentos que a gente precisava e fui buscar alternativas para que a equipe pudesse tirar proveitos de um centroavante como Fred. Quando você tem jogador com essas características, o time tem que jogar para ele. Às vezes fazendo um pivô, como foi na Libertadores. Poucos jogadores escoram a bola daquela maneira como foi no gol de Jadson´´, lembrou o treinador, enchendo a bola do seu artilheiro.

Fonte: assessoria de imprensa do Cruzeiro

Comentários

avatar
  Subscribe  
Notify of