Opinião: Alex Alves apresenta os profissionais que dão suporte ao seu trabalho no Juventus

É inegável que o treinador do Moleque Travesso vem fazendo grande trabalho, desde o ano passado, com o elenco profissional. Porém, o sucesso também precisa ser dividido com os departamentos de fisioterapia, fisiologia e preparação física

Coluna Futebol Caipira, por Luiz Ademar
São Paulo, 3 de março de 2019

O Clube Atlético Juventus voltou a incomodar os adversários desde a chegada do técnico Alex Alves há pouco mais de um ano. Resgatando a tradição de revelar atletas e aprontar molecagens para cima dos adversários, o tradicioal Moleque Travesso vem quebrando tabus. Já foi assim na Copa Paulista e agora na Série A2 (Segunda Divisão) do Campeonato Paulista, onde vem se mantendo no G8 e lutando firme pela classificação à segunda fase.

Na beira do gramado, o responsável por esse crescimento é Alex Alves, mas no dia a dia o treinador divide responsabilidades com alguns companheiros de comissão técnica.

O crescimento do Juventus dentro de campo também passa pelos departamentos de fisioterapia, fisiologia e preparação física. Esses profissionais dão total suporte para que o treinador faça as melhores escolhas e ajustes no time titular, sem descuidar dos jogadores que atualmente estão no banco de reservas e até mesmo aqueles que não são relacionados para as partidas.

O braço direito do comandante juventino é o preparador físico, Marcio Leite. Os dois já se conhecem há anos, o que facilita na coordenação de todos os departamentos.

“No começo do campeonato recebemos atletas que estavam parados há três, cinco meses e até um ano, que é o caso do Diego Sacomam. Nossa preocupação era fazer com que os jogadores não se lesionassem. Então antes de qualquer trabalho específico, fizemos trabalho de prevenção´´, contou Marcio.

A fisioterapia fica por conta de Eduardo Saraiva, Pedro Torres cuida da transição dos jogadores entre departamento médico e campo, e a fisiologia é comandada por Everaldo Santos.

“Como nos damos bem fora de campo e temos boa relação com os atletas, conseguimos ter feedback em relação a dor e cansaço. Eles são muito francos com a gente, o que facilita no dia a dia. Estamos com mais de 30 jogadores aptos para jogar, prontos para o Alex. Quando chegamos no Juventus no ano passado, o departamento médico estava cheio, eram oito jogadores com lesão de adutor´´, disse.

Esse trabalho só é sucesso porque todos os profissionais já têm boa vivência no futebol e estão em busca do mesmo objetivo.

“Nosso grupo é muito trabalhador, somos verdadeiros operários. Todos estão trabalhando em busca do acesso, o que facilita muito. Trabalhamos em sincronia´´, finalizou Marcio.

O sucesso desse trabalho será visto na partida contra a Inter de Limeira, nesta segunda-feira (4/3). O técnico Alex Alves terá todo o elenco a sua disposição.

“Através da soma entre fisioterapia, preparação física e fisiologia, hoje o time profissional está sem atletas no departamento médico. Isto foi possível pelo fator de estarmos muito próximos e respeitando cada setor e sua filosofia´´, revelou o fisioterapeuta Eduardo Saraiva.

“Dentro da fisioterapia foi criado um protocolo de manutenção e prevenção para os atletas. Isso ocorre desde a pré-temporada com trabalhos preventivos. Os jogadores nos dão feedback do que sentem no dia a dia e com esses dados criamos os protocolos de manutenção, baseado nas necessidades específicas de cada um. Isto só é possível pela integração e apoio dos preparadores físicos e da parte da fisiologia, sendo conversado e conduzido em conjunto. Tudo isso aliado ao trabalho do massagista com as técnicas manuais´´, concluiu Eduardo.

O Moleque Travesso ainda ganha o reforço do preparador de goleiros, Marcos Romano, e do massagista Marco Antônio Amaral. Edi e Zeca cuidam da rouparia e são sempre os primeiros a chegarem para deixar tudo pronto para os atletas e comissão técnica.

O trabalho do diretor de futebol, Vitor Faustino, na logística também deve ser exaltado pela maneira como conduz as viagens ao processo de recuperação dos atletas.



Fonte: assessoria de imprensa do Juventus