Paranaense: Campeão da Copa Paulista, Rafael Guanaes destaca superação em conquista do estadual pelo Athletico (PR)

Em desvantagem na série, o Furacão precisou das cobranças de pênaltis para conquistar o bicampeonato do Campeonato Paranaense

Atletas do Athletico (PR) comemoram o bicampeonato Paranaense depois de derrotar o Toledo na final - Crédito: Miguel Locatelli

Da Redação
Curitiba, PR, 21 de abril de 2019

Atual campeão da Copa Paulista com a Votuporanguense, o técnico Rafael Guanaes conquistou neste domingo, 21, no estádio Joaquim Américo Guimarães, conhecido como Arena da Baixada, em Curitiba (PR), diante do Toledo, o título do Campeonato Paranaense desta temporada. Depois de um primeiro turno irregular, o comandante destacou a superação dos athleticanos durante a competição estadual. Na decisão por pênaltis, o Furacão venceu o adversário por 6 a 5, após triunfo por 1 a 0 no tempo normal.

“É um prazer estar aqui podendo celebrar esta conquista. Recebemos uma cobrança grande desde o primeiro momento, quando a equipe ainda estava em formação. Foi uma história muito bonita, de superação, de perseverança, de uma equipe que soube se unir em prol de um objetivo. Foi mais sofrido que a gente gostaria, mas a gente fez por merecer e hoje podemos celebrar esse bicampeonato”, disse o técnico Rafael Guanaes.

Segundo o técnico, o Athletico (PR) mereceu a vitória por ser a equipe que buscou jogar um futebol ofensivo em todos os momentos. “O jogo lá já me surpreendeu um pouco, no sentido de a equipe deles abdicar de jogar, procurando trazer a decisão para cá, para buscar os pênaltis, algo assim. E eles conseguiram. Hoje, conseguimos criar chances claras de gol, fomos muito agressivos ofensivamente. Não fomos muito eficientes, mas saímos com a sensação de dever cumprido e de merecimento”, avaliou.

Para Guanaes, essa conquista entra para a história do Furacão como mais um capítulo de superação e muita raça. “O título é a emoção máxima. É o fim de um trabalho. Essa equipe dificilmente vai jogar junta de novo. A gente se planejou, trabalhou e conquistou. Fico muito feliz ter o privilégio de ter trabalhado com esses jogadores. Jogamos decisões o tempo todo. Então, é fantástico. Foi muito especial, em uma trajetória de superação que encerra com chave de ouro”, completou.

No elenco, seis jogadores também estiveram na campanha do o título Paranaense de 2018 e se tornaram bicampeões estaduais. O goleiro Léo, o zagueiro José Ivaldo, os meias João Pedro e Matheus Anjos, o meia-atacante Demethryus e o atacante Vitinho participaram das duas campanhas com a camisa rubro-negra. O goleiro Caio atuou na edição do ano passado e estava inscrito no torneio deste ano, mas não entrou em campo em 2019. Já o goleiro Gabriel, o zagueiro Lucas Halter e o meia Bruno Leite viveram o papel inverso. Os três foram inscritos em 2018, mas não jogaram. Neste ano, participaram da campanha do título Estadual.

Comentários

avatar
  Subscribe  
Notify of