Paranaense: Em clima de final, Felipe Mattioni reforça pedido de título no Coritiba

Lateral voltou a campo na semifinal contra o Cascavel, que classificou o Coxa para a final

João Rafael Pinheiro
Da redação, 20 de fevereiro de 2019

Em mais um dia de preparação para a final do domingo (24) contra o Toledo, no Couto Pereira, o lateral Felipe Mattioni falou sobre a preparação da equipe para a conquista do título do 1° turno do Campeonato Paranaense, a Taça Barcímio Sicupira.

Após ser eliminado na Copa do Brasil, pelo URT (MG) o Coxa teve o Cascavel pela semifinal do Campeonato Paranaense, em uma partida que foi decidida nos pênaltis, o lateral Felipe Mattioni confirmou que o Coritiba teve que ser mais pró ativo, devido o Cascavel jogar na retranca. Mas para a partida da final, ele vê que o time terá que ter a mesma disposição para encarar o Toledo.

“Foi um jogo difícil, eles jogaram muito fechados, nós precisamos impor velocidade, é uma das principais coisas. Vamos torcer para o gramado não estar encharcado. Nós vamos estar mais descansados, com mais ritmo e o grupo com mais entrosamento”.

Pensando já na partida da final, Felipe vê que o Toledo irá jogar tão fechado quanto o Cascavel. Com o pensamento de conquistar o 1° turno, para garantir a vaga na final do Campeonato, o atleta apontou que o Coxa tem que ser tão incisivo quanto em Cascavel.

“O primeiro turno é o passo rumo à final, então tudo depende de nós. Temos que dar o nosso melhor. Sabemos que vamos ter um adversário difícil pela frente que já jogou aqui em Curitiba, bastante fechado, e que é difícil de fazer gol. E pode ter certeza que vamos encontrar algum caminho durante a semana para furar aquele bloqueio do Toledo”.

O Coxa continua nos treinos em dois períodos e com a semana cheia para se preparar para a final no Couto Pereira, no domingo (24) às 17 horas.