Paulista A2: Pelo acesso, Água Santa tem o Inamar como uma das armas para superar o Santo André

Depois de fazer a melhor campanha na primeira fase da Segunda Divisão, e atropelar o Taubaté nas quartas de final, o Netuno terá de golear o Ramalhão, neste domingo (21/4), às 11 horas, em Diadema, para retornar ao Paulistão em 2020

No primeiro jogo das semifinais, em casa, o Ramalhão bateu o Netuno por 2 a 0, gols de Rhuan e Cristian

Da Redação
Diadema, SP, 17 de abril de 2019

O Água Santa recebe o Santo André neste domingo de Páscoa (21/4), às 11 horas, no estádio Distrital Inamar, em Diadema, valendo jogo da volta da semifinal do Campeonato Paulista da Série A2, a segunda divisão estadual. Na ida, com gols de Rhuan e Cristian, a equipe andreense venceu por 2 a 0, no estádio Bruno José Daniel, em Santo André.

Agora o time de Diadema precisa vencer por três gols de diferença para garantir o acesso a elite do estadual. Se vencer por dois gols de diferença a vaga será decidida em cobranças de pênaltis. Já o Ramalhão pode até perder por um gol de diferença para regressar a Série A1, divisão que disputou ano passado.

Quem passar, além de garantir vaga no Paulistão de 2020, fará a final da Série A2 com o vencedor da outra semifinal entre XV de Piracicaba e Inter de Limeira, que se enfrentam sábado (20), no estádio Barão da Serra Negra, em Piracicaba. Na ida, eles empataram por 0 a 0, no estádio Major José Levy Sobrinho, em Limeira.

Inamar é a arma do Netuno

Dono da melhor campanha e melhor ataque da competição, o Água Santa aposta no fator casa para reverter à situação e conquistar seu regresso a primeira divisão. Como mandante nesta Série A2, o Netuno conquistou sete vitórias e sofreu apenas um revés, media de 87.5% de aproveitamento. A única derrota em casa foi para o Taubaté por 1 a 0, na 14ª rodada da primeira fase.

Jogando no Inamar, o Alvi-anil derrotou quatro adversários por diferença de dois gols, resultado que precisará diante do Santo André para levar a decisão nos pênaltis. Mas foi fora de casa que conseguiu por duas vezes o resultado que necessitará no domingo e evitar as penalidades máximas, o de vencer o adversário por mais de três gols de diferença. Na condição de visitante, o Netuno venceu o Atibaia por 5 a 1, em jogo da oitava rodada da primeira fase e, o Taubaté por 5 a 0, jogo de ida das quartas de final.

Santo André tem campanha fraca fora de casa

O Ramalhão, por sua vez, tem media de 33.33% como visitante. Fora de casa, o Santo André conquistou apenas duas vitórias, dois empates e sofreu quatro derrotas. Apesar do histórico ruim, a equipe andreense perdeu apenas um jogo por dois gols de diferença na condição de visitante, para o Rio Claro por 2 a 0, jogo da primeira rodada da primeira fase.

Retrospecto

Água Santa e Santo André já se enfrentaram oficialmente cinco vezes e nunca empataram. Foram três vitórias andreenses e duas para o Netuno. O Ramalhão assinalou oito gols, contra cinco marcados pelo time de Diadema. No último duelo entre eles no Inamar, com gol de Dadá, aos 28 minutos do primeiro tempo, o Netuno venceu o Santo André por 1 a 0, em jogo da sétima rodada da primeira fase da competição atual.

Fonte: Luiz Carlos Éden – Sorocaba (SP) – Foto: Divulgação / Santo André

Comentários

avatar
  Subscribe  
Notify of