Série A: Atlético-MG goleia Fluminense, de virada, no Independência, e tem o melhor ataque do Brasileiro

Por falta de um goleador, o Galo tem dois: Róger Guedes, o artilheiro do Brasileiro, com oito gols, e Ricardo Oliveira, o vice, com seis. E graça a eles, autores de três dos cinco gols, a equipe superou o Tricolor das Laranjeiras por 5 a 2, em casa

Da Redação
Belo Horizonte, MG, 10 de junho de 2018

Com a goleada por 5 a 2 sobre o Fluminense, de virada, neste domingo (10/6), no Horto (Independência), o Atlético passou a ter o melhor ataque do Campeonato Brasileiro, com 22 gols, média exata de dois gols por partida.

O Galo tem, ainda, o artilheiro da competição, Róger Guedes, com oito gols, que marcou dois diante do Fluminense, e o vice-artilheiro, Ricardo Oliveira, que balançou as redes seis vezes, uma delas neste domingo, no quarto gol do Galo, em bela cobrança de falta.

“Estou muito feliz por mais uma boa atuação. Foi vitória maiúscula e fiquei feliz e poder ajudar a equipe novamente com gols. Tenho que agradecer a Deus, exaltar o nome dele, aos meus companheiros e à minha família. Estou vivendo fase maravilhosa, a equipe está de parabéns novamente. Então, é agradecer a Deus pelos gols de hoje, pela atuação e pela vitória´´, disse Róger Guedes.

Ao término da partida, o goleador teve o nome cantado pela torcida, que entoou o grito de “Fica, Róger Guedes´´.

“Fico feliz pelo reconhecimento. Todo jogador gosta de receber o carinho da torcida, ainda mais uma torcida como a do Atlético, de peso, de massa. Então, fico muito feliz. Estou feliz no Atlético e tenho que honrar sempre essa camisa´´, destacou o camisa 23.



Fonte: assessoria de imprensa do Atlético