Série A: Capitão Wellington Paulista analisa preparação feita pela Chapecoense e amistoso com San Lorenzo

Além de ser preparar para a retomada do Campeonato Brasileiro, o atacante também pensa na partida amistosa da Chape diante dos argentinos do San Lorenzo, que vale a Taça Mário Lanznaster, quarta-feira, na Arena Condá, às 20h30.

Da Redação
Chapecó, SC, 9 de julho de 2018

A Chapecoense reiniciou sua preparação na intertemporada nesta segunda-feira (9/7), no Centro de Treinamentos Água Amarela. As atividades foram realizadas em dois períodos, onde o técnico Gilson Kleina visou preparar a equipe para o amistoso internacional contra o San Lorenzo, da Argentina, nesta quarta-feira (11), às 20h30, na Arena Condá, em Chapecó.

A preparação de um novo time titular, após as saídas de Apodi e Arthur Caíke, tem tudo a ver com a retomada da acirrada disputa do Campeonato Brasileiro. Embora esteja fora da zona do rebaixamento, a Chapecoense sabe que a sua luta, no segundo semestre, será para fugir definitivamente das quatro últimas colocações.

O atacante e capitão Wellington Paulista falou sobre os próximos compromissos da Chape e também sobre a preparação para o restante da temporada.

“Temos um amistoso forte pela frente, enfrentar os argentinos nunca é fácil e sempre são jogos muito intensos. Estamos fazendo uma preparação forte e adequada para estarmos muito bem para este jogo´´, disse Wellington Paulista, emendando em seguida.

“ Essa intertemporada tem sido até cansativa, mas isso é bom, pois estamos treinando bem. Não tivemos pré-temporada adequada e agora estamos focando nessa parada para treinar de forma intensa e seguir forte nas competições que temos´´, explica.

O capitão da Chapecoense ainda falou sobre a adaptação aos novos companheiros e também as saídas de Arthur Caíke e Apodi.

“ É sempre complicado quando jogadores saem, mas isso é normal, se a proposta foi boa para a Chapecoense e para eles, as coisas devem acontecer. Os jogadores que chegaram demonstraram muitas qualidades, com boa técnica e poderão nos ajudar´´, afirma.

 

Fonte: assessoria de imprensa da Chapecoense