Série A: Em jogo fraco tecnicamente, Corinthians e Atlético-MG ficam no empate em Itaquera

O jogo foi muito ruim! Sob todos os aspectos. Mas o empate por 1 a 1, no sábado (1/9), na casa corintiana, mostrou que o Timão vai ter dificuldade para entrar no G6. E o Galo não tem força e futebol para sonhar com o cobiçado título brasileiro

Da Redação
São Paulo, SP, 1º de setembro de 2018

Neste sábado (1/9), dia em que comemorou 108 anos de fundação, o Corinthians enfrentou o Atlético-MG em partida válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em Itaquera, o Timão empatou em 1 a 1 com o Galo. Pedrinho abriu o placar em belo chute de fora da área, com a bola batendo no travessão, explodindo nas costas do goleiro Victor, e morrendo no fundo da rede. Ainda no primeiro pênalti, em pênalti cometido por Gabriel, o lateral esquerdo Fábio Santos deixou tudo igual

Com o resultado, o Timão não conseguiu entrar no G6 e está na sétima posição na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 30 pontos. Já o Atlético-MG, que não consegue se aproximar do líder São Paulo, tem 35 pontos, na sexta colocação.

Com vários desfalques, o técnico Osmar Loss escalou o Corinthians com Walter; Mantuan, Léo Santos, Marllon e Danilo Avelar; Ralf, Gabriel, Araos, Pedrinho e Romero; Roger.

O Timão começou a partida pressionando a equipe mineira, no embalo da bonita festa feita pela Fiel, em comemoração ao aniversário do clube. Aos 19 minutos, Pedrinho recebeu na entrada da área e bateu colocado. A bola bateu na trave e no goleiro Victor, antes de entrar, para colocar o Corinthians na frente.

Aos 34 minutos, a bola desviou após cobrança de falta, e o volante corintiano Gabriel, dentro da área, meteu a mão na bola. Pênalti, que Fábio Santos cobrou e empatou.

O Corinthians voltou para a segunda etapa atacando o Atlético. Logo aos quatro minutos, Romero ficou com a bola na área, após tentativa de Ralf, e bateu em cima da zaga atleticana. Na sequência, Danilo Avelar cobrou falta na entrada da área e a bola passou perto do gol de Victor.

Com 25 minutos, Romero e Roger foram substituídos por Danilo e Matheus Vital. Em seguida, Mantuan cruzou, pela direita, e a bola passou perto do gol. Aos 36, Loss colocou Rodrigo Figueiredo no lugar de Araos. Aos 43, Vital cobrou escanteio pela direita e Leo Santos cabeceou, sem força, para defesa de Victor.

O Corinthians volta a campo na quarta-feira (5), às 20 horas. Na Arena Castelão, em Fortaleza, o Timão enfrenta o Ceará, pela 23ª rodada. Já o Atlético, no mesmo dia, mas às 21h45, encara o líder São Paulo, no Independência.

Fonte: assessoria de imprensa do Corinthians