Série A: Gabriel admite que o momento do Corinthians é ruim, mas pede apoio a Loss em busca da reação

O camisa 5 do Timão diz que a equipe vem vacilando nas últimas rodadas, mas aposta na volta por cima e defende o treinador. Para ele, os 10 dias de descanso durante a paralisação para a Copa do Mundo serão benéficos para os jogadores

Da Redação
São Paulo, SP, 11 de junho de 2018

Na manhã desta segunda-feira (11/6), os jogadores do Corinthians reapresentaram para fazer o primeiro treino antes do duelo com o Bahia, nesta quarta-feira (13), 21h45, na Arena da Fonte Nova, em Salvador, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, a última antes da paralisação para a Copa do Mundo da Rússia. E o volante Gabriel o projetou o último compromisso do Timão.

“Sabemos que o momento não é dos melhores, porque os resultados não estão acontecendo. Temos que manter a tranquilidade para que eles voltem a acontecer. Vamos para um jogo importante em Salvador, para acabar com essa série sem vitórias e dar um salto na tabela. A classificação está embolada, então os três pontos são importantes para voltarmos (pós-Copa) numa posição melhor´´, afirma o camisa 5 do Timão.

Gabriel defendeu, também, o início de trabalho do técnico Osmar Loss.

“O Osmar ajudou bastante o próprio Carille, em decisões importantes para a equipe no passado recente. É um profissional muito capacitado e preparado para esse trabalho. Nos últimos 10 anos, o clube é o maior campeão do Brasil e se acostumou às vitórias. Então, quando acontece de ficar alguns jogos sem vencer, é natural que a crítica aconteça. O time está um pouco ansioso, tomando decisões precipitadas no jogo. Então temos que ter a cabeça fria, para encontrar o companheiro em melhor situação de fazer o gol´´, disse.

Para o volante, a pausa para a Copa do Mundo será importante para o Alvinegro retomar os treinos e as vitórias.

“O foco é na partida contra o Bahia, desta quarta, muito importante para a nossa sequência na competição. O descanso será importante, assim como o trabalho da preparação física para recuperar quem está fora, mas o mais importante será a retomada nos trabalhos e nos treinamentos. O Loss vai ter mais tempo para ajustar os detalhes e voltarmos mais fortes´´, aposta Gabriel.

Após a partida em Salvador, o elenco do Corinthians ganhará 10 dias de descanso, retornando aos trabalhos em 25 de junho.

 

 

Fonte: assessoria de imprensa do Corinthians