Série A: Odair Hellmann lamenta tropeço do Internacional (RS) e Damião pede respeito da arbitragem com os atletas

Equipe do Rio Grande do Sul precisa vencer o Atlético (MG) no Beira-Rio para manter chances reais de conquistar o título

Pedro Lacerda
Rio de Janeiro, RJ, 18 de novembro de 2018

Derrotado pelo Botafogo no último domingo, 18, o Internacional (RS) ainda segue, mesmo que respirando por aparelhos, na disputa pelo título brasileiro de 2018, ao menos é o que afirma o treinador colorado, Odair Hellmann, que lamentou o revés sofrido pelos gaúchos no estádio Nilton Santos, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), porém, não enxerga a equipe fora da disputa pelo caneco nacional.

“É o que eu sempre digo, não adianta esperarmos um tropeço do Palmeiras, se não fizermos a nossa parte, infelizmente hoje não fizemos e saímos com a derrota daqui do Rio de Janeiro. O campeonato continua em aberto, nós nos classificamos com cinco rodadas de antecedência para a pré-libertadores. A vitória não veio, mas nossos jogadores buscaram isso até o final”, diz o comandante.

Ainda sobre o duelo, o vice-artilheiro do Brasileirão, Leandro Damião disse que a equipe colorada não conseguiu impor sua qualidade e soberania técnica perante aos cariocas, como já haviam feito em outros duelos, como por exemplo, contra o Ceará há duas rodadas atrás, quando o Inter empatou por 1 a 1 no Castelão, após ter feito um exímio primeiro tempo com um gol do próprio Damião. O camisa 9 colorado ainda ressaltou e reforçou o coro de Odair Hellmann ao dizer que, não adianta esperar por tropeços do líder, sem que o clube gaúcho faça a sua parte.

O próximo jogo do Internacional (RS) no Campeonato Brasileiro da Série A está marcado para esta quarta-feira, 21, quando enfrenta o Atlético (MG), no Beira-Rio, às 19h30, em Porto Alegre (RS), buscando a vitória para ainda manter chances matemáticas de título. O Colorado ocupa atualmente a terceira colocação na competição nacional com 65 pontos.

Em caso de tropeço – derrota ou empate – para o Galo na capital porto-alegrense e em uma eventual vitória do líder Palmeiras, no Allianz Parque, diante do América-MG, o título não irá para a sala de troféus do Internacional que, após voltar à primeira divisão este ano conseguiu realizar um campeonato acima das expectativas.