Série A: Patric valoriza a vitória sem sofrer gols do Atlético-MG e projeta duelo com antigo rival: Bahia

Depois de bater o Paraná Clube por 2 a 0, dentro de casa, na quarta-feira, o Galo se prepara para tentar manter o embalo em Salvador. Na próxima segunda-feira (30/7), às 20 horas, na Arena da Fonte Nova, o adversário será o Tricolor de Aço

Da Redação
Belo Horizonte, MG, 27 de julho de 2018

Depois de sete rodadas, o Atlético Mineiro venceu sem sofrer gols. Na noite da última quarta-feira (25/7), o Galo recebeu o Paraná e fez 2 a 0, somando três importantes pontos no Campeonato Brasileiro. Fato para ser comemorado. Mas não por muito tempo.

Para o lateral-direito Patric, novamente titular do time mineiro, o triunfo é importante. E principalmente pelo Atlético não ter sido vazado. No entanto, o foco já tem que estar no próximo compromisso.

“Vitória importante para os nossos planos dentro da competição. Em casa precisamos vencer, sabemos disso. Foi um jogo difícil, a equipe do Paraná valorizou muito a nossa vitória. Importante também pelo fato de não tomarmos gols. Estamos evoluindo e acho que o torcedor percebe isso. Mas é trabalhar. Já temos outro compromisso na sequência e temos que engrenar´´, afirmou o jogador, que fez seu duelo de número 28 no ano.

O próximo adversário do Galo, aliás, é bem conhecido de Patric. No último ano, fez grande temporada por empréstimo defendendo o Vitória e se acostumou a enfrentar o Bahia. É justamente o tricolor baiano que o Atlético mede forças na segunda-feira. O lateral-direito, inclusive, foi campeão estadual em 2017 contra o Bahia.

“Enfrentei o time deles muitas vezes no último ano. Eles vão jogar em casa e sei que a torcida deles costuma apoiar bastante, fazer pressão. O Bahia tem time forte, de jogadores rodados e acostumados com a Série A. Teremos mais uma partida extremamente complicada. Mas temos que fazer nosso jogo, propor, gostar de ter a bola. Sabemos que uma vitória nos faz muito bem dentro da competição´´, finalizou.

Galo e Bahia duelam às 20h da próxima segunda-feira (30), na Fonte Nova.

 

 

Fonte: AV