Série A: Sem Edu Dracena e Dudu, o Palmeiras, de Felipão, testa sua solidez defensiva diante do Inter

O Verdão, de Luiz Felipe Scolari, tem excelente desafio no dia de sua fundação. Neste domingo (26/8), às 16 horas, no Beira Rio, em Porto Alegre, a equipe desafia a força do Colorado, vice-líder, para subir ainda mais na tabela de classificação

Da Redação
São Paulo, SP, 25 de agosto de 2018

O Palmeiras tem o melhor elenco do Brasil! Ou um dos melhores! A imprensa sempre enaltece o poder do grupo comandado pelo técnico Luiz Felipe Scolari. E desde a sua chegada ao banco de reservas, o Verdão se consolidou por ter um sistema defensivo forte, intransponível nas últimas rodadas. E o próximo desafio será importante, pois será diante do vice-líder Internacional, neste domingo (26/8), às 16 horas, no estádio Beira Rio, em Porto Alegre, pela segunda rodada do returno do Campeonato Brasileiro.

No primeiro turno, o Palmeiras, ainda de Roger Machado, mediu forças com o Internacional, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, e levou a melhor: 1 a 0, gol de Dudu.

O atacante palmeirense, dono da camisa 7, aliás, será um dos desfalques do técnico Luiz Felipe Scolari, assim como o zagueiro Edu Dracena. Ambos cumprirão suspensão pelo acúmulo de três cartões amarelos.

Sem sofrer gols há oito jogos, o Verdão pode alcançar diante do Internacional o segundo maior recorde da história do clube neste quesito. Em três oportunidades (1969, 1973 e 1987), a equipe permaneceu nove partidas intransponível. A maior marca dos quase 104 anos de existência do Palmeiras aconteceu justamente na última vez em que os nove duelos foram alcançados, em 1987 – naquela oportunidade, o time ficou 12 jogos sem ser vazado.

O aniversário do clube, inclusive, acontece neste domingo, dia 26 de agosto. Será a 13ª vez que o Palmeiras entrará em campo no dia de sua fundação, em 1914. O retrospecto de partidas é de sete vitórias, três empates e duas derrotas. O técnico Luiz Felipe Scolari, ao longo das duas passagens anteriores pelo Palestra Itália, dirigiu o time três vezes nesta data: em 1998, 1999 e 2010. O histórico é de um triunfo, uma igualdade no marcador e um revés.

 

 

Fonte: assessoria de imprensa do Palmeiras