Série B: Em busca da recuperação, Thalles pede apoio da torcida da Ponte Preta para o confronto diante do Criciúma

Macaca foi derrotada por 2 a 0, fora de casa, pelo Coritiba, na estreia do Campeonato Brasileiro da Série B e busca sua recuperação contra o Tigre catarinense

O atacante Thalles ressaltou que a Ponte Preta cedeu muito espaço para o Coritiba, e por isso deixou o Couto Pereira com a derrota - Crédito: Divulgação

Da Redação
Curitiba, PR, 29 de abril de 2019

A Ponte Preta, do técnico Jorginho, começou a atual edição do Campeonato Brasileiro da Série B com uma derrota. O time da cidade de Campinas (SP) foi superado nesta segunda-feira, 29, por 2 a 0 pelo Coritiba, no estádio Major Couto Pereira, em Curitiba (PR). Em busca da reabilitação na competição nacional, o atacante Thalles, que desperdiçou uma cobrança de pênalti, espera contar com o apoio da torcida pontepretana no confronto diante do Criciúma, a ser realizado nesta quinta-feira, 02, no estádio Moisés Lucarelli.

“Criamos uma oportunidade e a bola, infelizmente, não quis entrar. Agora é levantar a cabeça e contamos com a nossa torcida pra que ela possa fazer lá [no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)] esse espetáculo que o Coritiba fez e conquistar os três pontos que a gente perdeu fora de casa”, declarou o atacante Thalles, que está emprestado pelo Vasco a Macaca até o final desta temporada.

O atacante da Ponte Preta, que desperdiçou uma cobrança de pênalti naquela partida, também contestou a marcação da penalidade marcada a favor do Coxa e convertida pelo atacante Rodrigão pelo árbitro mineiro Ronei Cândido Alves. De acordo com Thalles, a bola bateu de forma acidental na mão do lateral-esquerdo Diego Renan e, por isso, a infração não deveria ser marcada contra sua equipe.

“Foi uma partida equilibrada e tivemos posse de bola. Nós demos algum espaço para a equipe do Coritiba. Mas, no lance do pênalti, não sei se foi ou não, por que tinha muita gente e não sei se deu tempo dele [Diego Renan] tirar o braço, caso tenha batido no braço dele”, concluiu.

Na 20ª colocação do Campeonato Brasileiro da Série B com nenhum ponto conquistado em 1 jogo realizado, a Ponte Preta recebe nesta quinta-feira, 02, ás 21h, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), o Criciúma, 15º colocado na tabela de classificação daquela competição nacional com nenhum ponto ganho. A partida é válida pela 2ª rodada. Os quatro primeiros colocados garantem vaga na próxima edição do Campeonato Brasileiro da Série A.

*Com colaboração de Gabriel Kaiser

Comentários

avatar
  Subscribe  
Notify of