Série B: Júnior Rocha atribui derrota do Luverdense para o Goiás à atuação de Marcelo Rangel

Derrota por 2 a 1 para o time goiano manteve o time do Mato Grosso na zona de rebaixamento com 35 pontos conquistados

Da Redação
Lucas do Rio Verde, MT, 21 de outubro de 2017

Antes de adentrar ao gramado do estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT), o Luverdense já sabia que a vitória diante do Goiás o deixaria fora da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro da Série B, e colocaria o tradicional Figueirense entre os quatro piores da competição nacional. Mas, o time do Mato Grosso acabou surpreendido pelo Alviverde e se manteve no Z4.

Entretanto, mesmo ciente da necessidade da conquista dos três pontos em casa, o LEC saiu atrás do marcador e com vinte minutos de partida, o Goiás já estava vencendo o confronto por 2 a 0 – gols do zagueiro Alex Alves e do atacante Aylon, que está emprestado pelo Internacional (RS). Mas, coube ao lateral-direito Moacir, ex-Corinthians e Sport Recife, marcar o gol de honra dos donos da casa.

Para o técnico Júnior Rocha, a equipe teve chances para marcar em diversas situações e ressaltou a boa atuação do goleiro da equipe goiana. Os próximo confrontos do Luverdense pela competição nacional acontecem contra Santa Cruz e ABC, fora de casa. Estas equipes também se encontram na zona de rebaixamento.

“Criamos situações e o resultado poderia ser totalmente diferente. O goleiro deles também fez uma grande partida e eles foram felizes nas finalizações. Agora é hora de pensar nestes dois jogos fora, contra adversários diretos, onde só a vitória interessa”, concluiu o técnico Júnior Rocha.

Na 17ª colocação do Campeonato Brasileiro da Série B com 35 pontos conquistados em 31 jogos realizados, o Luverdense encara neste sábado, 28, ás 17h30, no estádio do Arruda, no Recife (PE), o Santa Cruz, 18° colocado na competição nacional com 31 pontos ganhos. A partida é válida pela 32ª rodada. Os quatro primeiros colocados garantem vaga na próxima edição do Campeonato Brasileiro da Série A.