Série B: Recuperado de lesão e confirmado no time titular do Avaí, Renato volta ao palco do último acesso

Depois de duas derrotas para Oeste e Goiás, o time azul e branco catarinense vai jogar fora de casa, diante do irregular Londrina, nesta quinta-feira (12/7), às 18 horas, no estádio do Café, para buscar a reabilitação na Segunda Divisão do Brasileiro

Da Redação
Florianópolis, SC, 11 de julho de 2018

 

Recuperado após desfalcar o Avaí nas últimas rodadas, Renato volta ao time titular na próxima partida. E justamente num palco e contra um adversário especial. Mais do que isso inclusive. Enfrentar o Londrina, no estádio do Café, traz ótimas recordações ao artilheiro do Avaí na Série B do Campeonato Brasileiro.

É que defendendo o Leão em 2016, Renato carimbou o acesso à Série A justamente diante do Londrina, fora de casa. O time azul e branco venceu por 1 a 0, conquistando a vaga para a elite. Naquele ano, o jogador foi um dos destaques da temporada avaiana, fazendo 54 jogos, com sete gols e oito assistências.

“É impossível não lembrar daquele jogo. Com certeza absoluta um dos mais marcantes da carreira, um dos mais especiais. Lembro de tudo. Foi jogo complicado, nervoso. O time deles era forte como é hoje. Fomos felizes, vencemos e comemoramos lá mesmo o acesso. Foi inesquecível. Espero que tenha sorte mais uma vez. Com certeza teremos mais uma batalha muito complicada lá´´, relembrou o camisa 19.

Com 13 jogos desde que retornou ao Avaí, Renato já marcou seis vezes e deu uma assistência. Fez falta nas últimas rodadas. Coincidentemente, o Leão não venceu os dois jogos sem ele. Acabou perdendo para Oeste, fora, e do Goiás, em casa.

“É muito ruim ficar de fora, não poder ajudar. Mas o time foi bem. Tanto contra o Oeste como com o Goiás criou muito mais chances que o adversário, mas acabou não vencendo. É do futebol. Espero ajudar meus companheiros. Vamos enfrentar o Londrina que é forte. Precisamos ter atenção. Como falei, vai ser jogo muito complicado´´, finalizou o jogador.

Londrina e Avaí medem forças na quinta-feira (12/7), às 18 horas, no estádio do Café.

 



Fonte: AV