Série A: Hostilizado, Robinho destaca relação de “amor” e “ódio” com a torcida do Santos

Em seu retorno à Vila Belmiro, desta vez com a camisa do Atlético (MG), o atacante saiu de campo com a derrota por 3 a 1 para o seu ex-time

SANTOS / SÃO PAULO / BRASIL 04.11.2017 Santos x Atlético na Vila Belmiro - Campeonato Brasileiro 2017 - foto: Bruno Cantini / Atlético

Da Redação
Santos, SP, 04 de novembro de 2017

Grande nome do título Brasileiro do Santos de 2002, o atacante Robinho, atualmente no Atlético (MG), não teve uma recepção calorosa da torcida do Santos em seu retorno à Vila Belmiro, desta vez como adversário. Ao final do duelo, que terminou com a vitória do Peixe por 3 a 1 – gols de Arthur Gomes, David Braz e Ricardo Oliveira (Santos) e Fred (Atlético-MG) -, o camisa 7 atleticano destacou sua relação com os torcedores santista.

Entretanto, embalado com a possibilidade de brigar pelo título nestas rodadas finais, o Galo viu o Santos abrir o marcador com o jovem Arthur Gomes. Mas, não demorou muito tempo e o Atlético (MG) conseguiu o empate com o atacante Fred. Já na segunda etapa, os donos da casa voltaram a ficar na frente do marcador com gols do zagueiro David Braz e o artilheiro Ricardo Oliveira.

Revelado pelo Santos, o atacante Robinho preferiu ressaltar a sua relação com os torcedores santista, que hostilizaram o atleta do Atlético (MG) durante toda partida. Ele também destacou as oportunidades criadas pelos atleticanos e o baixo aproveitamento ofensivo do time no duelo realizado na Vila Belmiro.

“Infelizmente algumas bolas nossas bateram na trave e as deles entraram. Agora é levantar a cabeça e tentar vencer os próximos jogos. Eles me amam tanto (torcida do Santos) que é assim. O amor e o ódio estão sempre muito próximos”, concluiu o atacante Robinho.

Na 12ª colocação do Campeonato Brasileiro da Série A com 42 pontos conquistados em 32 jogos realizados, o Atlético (MG) recebe nesta quinta-feira, 09, ás 20h, na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG), o Atlético (GO), 20° colocado na competição nacional com 27 pontos ganhos. A partida é válida pela 33ª rodada da competição nacional. Os sete primeiros colocados garantem vaga na próxima edição da Copa Libertadores.