Troféu do Interior: Felipe Saraiva atribui desclassificação do Botafogo (SP) frente ao Oeste á falta de atenção nos minutos finais

Equipe da cidade de Ribeirão Preto (SP) vencia o confronto por 3 a 1 até os 25 minutos da etapa final, mas permitiu a reação dos donos da casa, que chegaram a igualdade aos 49

Desatenção. Essa foi a justificativa encontrada pelo atacante Felipe Saraiva para explicar a desclassificação do Botafogo (SP) do Troféu do Interior diante do Oeste nesta terça-feira, 26, em partida disputada na Arena Barueri, em Barueri (SP). O Pantera esteve na frente do placar até os 25 minutos da etapa final, mas permitiu a reação do Rubrão, que chegou ao empate com Pedrinho aos 49 minutos do segundo tempo e levou a decisão da vaga para as cobranças de pênaltis. Melhor para os donos da casa que venceram por 4 a 3.

“Lá [no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)] tomamos o gol no último minuto de jogo e foi a mesma coisa aqui [na Arena Barueri, em Barueri (SP)]. Isso tem que ser treinado e acertado pra gente ficar ligado do começo ao fim do jogo. A gente vacilou e deu o empate para os caras [Oeste]. Futebol castiga”, declarou o atacante Felipe Saraiva, que está emprestado pela Ponte Preta ao Pantera até o final desta temporada.

Já o atacante Rafael Costa, um dos artilheiros do Campeonato Paulista da Série A1 com 7 gols ao lado do meia Jean Mota, do Santos, e do atacante Diego Cardoso, do Guarani, lamentou o resultado obtido na Arena Barueri e diz ter ficado chateado com a desclassificação do selecionado da cidade de Ribeirão Preto (SP). No entanto, ele entende que o clube deve voltar suas atenção para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B.

“A gente fica chateado por perder, mas é levantar a cabeça agora. É complicado, ainda mais que a gente estava vencendo a partida [por 3 a 1]. Agora é trabalhar, levantar a cabeça e se preparar para a disputa da Série B [do Campeonato Brasileiro]”, encerrou.

Depois de dois empates [1 a 1 e 3 a 3] diante do Oeste, o Botafogo (SP) ao perder por 4 a 3 na disputa de pênaltis acabou eliminado da disputa do Troféu do Interior. A campanha do Pantera nesta atual edição do Campeonato Paulista da Série A1 foi composta por 13 pontos conquistados, 3 vitórias, 4 empates, 7 derrotas, 18 gols marcados e outros 19 sofridos, além de um aproveitamento de pouco mais de 30% dos pontos disputados em 14 jogos realizados.

Fonte: Rádio Thati 93.1 FM – Ribeirão Preto (SP)

Comentários

avatar
  Subscribe  
Notify of